menu 25-anos
facebook
publicidade
publicidade
Compartilhe
Notícias

104 funcionários com coronavírus são afastados do Hospital Sírio-Libanês

Os funcionários são de diversas áreas e o afastamento é por 14 dias

18h52 - 30/03/2020

Atualizado há 2 meses

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

O Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, afastou 104 funcionários por 14 dias após testarem positivo para o novo coronavírus. Segundo a assessoria da instituição, assim que os colaboradores apresentaram os primeiros sintomas, testes foram realizados e eles deixaram as atividades na unidade.

Os 104 afastados são de diversas áreas do hospital que têm contato direto com pacientes, como enfermaria, limpeza, recepção e manutenção.

O estado de São Paulo tem até o momento 113 mortes e 1.517 casos, segundo os dados do Ministério da Saúde na coletiva desta segunda-feira (30).

0 Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios.

publicidade
publicidade
publicidade