menu 25-anos
facebook
publicidade
publicidade
Compartilhe
Notícias

40% dos leitos de Campinas estão ocupados por pacientes de fora

09h00 - 10/05/2020

Atualizado há 26 dias

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

O prefeito de Campinas, Jonas Donizette (PSB), disse que 40% dos leitos de retaguarda e UTI geridos pela Prefeitura de Campinas estão sendo ocupados por pacientes da RMC (Região Metropolitana de Campinas).

Segundo ele, o índice subiu na última semana, quando era verificada uma ocupação de 30%.

Sob responsabilidade da prefeitura, são 220 leitos de UTI. Na última sexta-feira, dos 690 leitos de UTI (adultos, pediátricos e neonatais), distribuídos nas redes pública e privada, 459 estavam ocupados (66,52% de ocupação). “É normal Campinas ser procurada por outras cidades”, disse o prefeito, que ontem (08/05), pediu ao secretário da Prefeitura de São Paulo, Edson Aparecido, que evite enviar pacientes para Campinas.

Pressão

Diante da expectativa de aumento de casos nas cidades do interior de São Paulo, o prefeito disse que vai tentar marcar uma reunião presencial com os prefeitos da RMC. “Vamos fazer a reunião com todos os cuidados de higiene para traçarmos um plano de ação regional. Os próximos dias serão muito difíceis”, disse o prefeito.

Casos

Campinas tem 26 mortes e 561 casos confirmados de covid-19.

0 Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios.

publicidade
publicidade
publicidade