menu 25-anos
facebook instagram
publicidade
publicidade
Compartilhe
Blog da Rose

Presidente da Setec pede afastamento do cargo após denúncias

Eduardo Roberto Lima Junior, da cota do MDB, ficou 12 dias no cargo

Rose Guglielminetti, Blog da Rose

19h28 - 12/01/2021

Atualizado há 10 dias

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

O presidente da Setec, autarquia que faz a gestão do solo público, Eduardo Roberto Lima Junior, pediu nesta terça-feira (12/01) afastamento do cargo ao qual foi nomeado há 12 dias. O pedido se dá hooras depois de o vereador Marcelo Silva (PSD) ter ido à Justiça para retirá-lo do cargo por ato de improbidade administrativa quando era diretor na Câmara de Vereadores de Monte Mor.

LEIA MAIS

Vereador pede afastamento de presidente da Setec

Presidente da Setec nega denúncias de recebimento de propina e enriquecimento ilícito

Em torno de Lima Júnior há ainda uma investigação de suspeita de recebimento de propina na Operação Prato Feito e pagamento “fantasma” de serviços quando trabalhou na Prefeitura de Estiva Gerbi. Lima Junior foi nomeado como cota do MDB, que apoiou Dário Saadi (Republicanos) nas eleições do ano passado.

Na nota, a Prefeitura de Campinas informa que o prefeito aceitou o pedido de afastamento do cargo em virtude de um questionamento, que está em análise pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ). “O prefeito aceitou o pedido para que não haja nenhuma dúvida quanto à regularidade da nomeação e para possibilitar o amplo direito de defesa a Lima Júnior”, diz a nota. O prefeito vai nomear um novo presidente para a autarquia. Ainda não há nome.

Mais cedo, Lima Junior negou todas as acusações quanto ao recebimento de propina e de enriquecimento ilícito. Ele chegou a sustentar que sua nomeação não era ilegal porque os processos não tinham transitado em julgado. Porém, em Campinas há uma lei que proíbe nomeação em cargo público de pessoas que tenham sido condenadas por um colegiado, como ocorre com Lima júnior.

0 Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios.

 
publicidade
publicidade
publicidade
Mais notícias