menu 25-anos
facebook instagram
publicidade
publicidade
Compartilhe
Blog da Rose

A dois dias de assumir prefeitura, Dário ainda tem um “vácuo” de 18 nomes em seu futuro secretariado

Dário Saadi assume prefeitura nesta sexta-feira (01/01)

Rose Guglielminetti, Blog da Rose

13h45 - 29/12/2020

Atualizado há 17 dias

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

A dois dias de assumir o cargo de prefeito de Campinas, Dário Saadi (Republicanos), ainda tem um “vácuo” de 18 nomes para compor o seu time de secretários. No total, são 36 carogs de primeiro escalão – 25 secretarias e 11 empresas e autarquias. Até agora, ele nomeou 18 nomes para secretários e presidentes das empresas e autarquias municipais.

Dentro do novo desenho, Dário é responsável pela escolha de seis nomes (Saúde, Educação, Esportes, Rede Mário Gatti, Sanasa e Chefia de Gabinete). Outros cinco nomes já atuam no governo Jonas Donizette (PSB): Relações Institucionais, Recursos Humanos, Serviços Públicos, Segurança e Assuntos Jurídicos).

O PSD é responsável por duas indicações (Desenvolvimento Econômico e Trabalho e Renda). O MDB ficou com a IMA e a Setec. O PSL vai comandar as secretarias de Habitaçãoe de Planejamento e Urbanismo. O DEM ficou com a Ceasa.

Ainda estão sem comando as pastas de Administração, Governo, Assistência Social, Comunicação, Cultura, Pessoa com Deficiência, Finanças, Gestão e Controle, Infraestrutura e Ouvidoria. Já nas autarquias e empresas estão sem indicados o Camprev, Ciatec, Emdec, Fundação José Pedro de Oliveira e Fumec.

O prefeito eleito disse que tempo de transição e para nomear a sua equipe foi muito curto. “Tivemos pouco tempo e dezembro ainda tem os feriados. Mas espero ter toda a equipe até o dia 1º”, disse ele, que toma posse nesta sexta-feira (01/01).

Equipe

Secretarias:

Chefia de Gabinete: Aderbal Fernandes

Assistência Social: Elaine Jocelaine Pereira (governo Jonas)

Trabalho e Renda: Gustavo de Tela Ferreira (cota PSD)

Esportes: Fernando Vanin

Educação – José Tadeu Jorge

Saúde: Lair Zambon

Planejamento e Urbanismo: Renato Mesquita (cota do PSL)

Habitação: Arly de Lara Romêo (cota do PSL)

Segurança: Cristiano Biggi (governo Jonas)

Serviços Públicos: Ernesto Paullela (governo Jonas)

Relações Institucionais – Wanderley Almeida (vice-prefeito/governo Jonas)

Assuntos Jurídicos – Peter Panutto (governo Jonas)

Desenvolvimento Econômico: Adriana Flosi (cota do PSD)

Administração indireta

Setec: Eduardo Lima ( cota do MDB)

IMA: Eduardo Coelho (cota do MDB)

Sanasa – Manuelito Pereira Magalhães Júnior

Rede Mário Gatti – Sérgio Bizogni

Ceasa: Valter Greve (DEM)

0 Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios.

 
publicidade
publicidade
publicidade