menu
facebook instagram
publicidade
publicidade
Compartilhe

Daniellepahizkaran/USATodaySports

Esporte

Alexander Zverev espera mudança de geração no tênis masculino em 2022

Tenista acredita que troféus do ano que vem provavelmente serão divididos entre Novak Djokovic, Daniil Medvedev e ele mesmo

Agência Brasil

15h00 - 26/12/2021

Atualizado há 24 dias

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

O campeão olímpico Alexander Zverev está confiante de que uma troca de guarda está quase concluída no tênis masculino e que os troféus do ano que vem provavelmente serão divididos entre Novak Djokovic, Daniil Medvedev e ele mesmo.

O alemão derrotou Djokovic e conquistou o ouro olímpico e terminou o ano com o título do ATP Finals pela segunda vez.

Djokovic levou três títulos de Grand Slam neste ano, mas os velhos rivais Rafael Nadal e Roger Federer não conseguiram aumentar suas coleções e o trio está empatado com 20 troféus de Grand Slam cada.

Número dois do mundo, Medvedev derrotou Djokovic na final do US Open, enquanto Zverev chegou a duas semifinais de Grand Slam em 2020.

Próximo da próxima temporada, Federer, de 40 anos, ainda se recupera de uma cirurgia no joelho, enquanto Nadal, de 35 anos, está nos estágios iniciais de recuperação de uma lesão no pé.

“Acho que o ano que vem pode ser muito semelhante aos últimos seis meses deste ano”, declarou Zverev, eleito esportista alemão do ano nesta semana, ao podcast Das Gelbe vom Ball da rede Eurosport.

“Antes, sempre se falava de Nadal, Federer e Djokovic. Agora, os grandes títulos foram a Olimpíada, o US Open, Turim [ATP Finals] e Wimbledon, e todos eles foram vencidos por Medvedev, Djokovic e eu. Não espero que seja nada diferente no ano que vem”, afirmou.

Zverev encerrou o ano como terceiro do ranking e acredita que a primeira posição é uma meta viável.

0 Comentário

publicidade
publicidade
publicidade
Mais notícias