menu 25-anos
facebook instagram
publicidade
publicidade
Compartilhe
Blog da Rose

Aliança entre Dario e Wandão está perto de ser fechada

Os dois foram ex-secretários do governo Jonas Donizette (PSB)

Rose Guglielminetti, Blog da Rose

16h39 - 18/08/2020

Atualizado há 2 meses

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

Uma aliança entre os ex-secretários Wanderlei Almeida, pré-candidato a prefeito pelo PSB, e Dario Saadi, pré-candidato pelo Republicano está se afunilando para as eleições de novembro. O cargo que cada um vai disputar na chapa ainda está em aberto, mas há uma tendência para que Dario seja o cabeça de chapa e Wandão, o vice.

Wanderlei Almeida, pré-candidato a prefeito pelo PSB

A união dos dois ficaria em torno de uma chapa apoiada pelo prefeito de Campinas, Jonas Donizette (PSB). Tanto que a coligação está sendo negociada entre alguns partidos da base jonista como o DEM, PSL, MDB – que tem um pré-candidato, o professor Eduardo Coelho. Somando o PSB e o Republicano, a aliança, se fechada, terá cinco partidos.

“A maior probabilidade é estarmos juntos, mas não definimos quem será o candidato a prefeito ou vice”, disse Wandão.

Segundo ele, o martelo não irá demorar a ser batido devido à necessidade de se construir um plano de governo a 87 dias das eleições. “É um governo novo e temos de preparar um plano que saia do conjunto dos partidos coligados”, disse ele.

Dário também confirmou que a conversa gira em torno de uma aliança entre os dois ex-secretários. “A conversa está bem adiantada e estamos ouvindo todos os partidos”, disse o republicano.

Partidos

Sobre alguns partidos que hoje estão no governo, mas não irão continuar a caminhada com o PSB, Wandão justificou que a cláusula de barreira – que obriga um percentual mínimo de votos – fez com que algumas candidaturas fossem necessárias, como, os casos do PV e do Cidadania. “Claro que não desconsidero a importância política dos dois partidos, mas eles precisam pensar na sobrevivência da estrutura partidária no futuro”, disse ele.

Sobre o PSDB, o pessebista disse que a “legenda ainda não está definida, mas é o partido do governador.”

Nesta semana, o comentário é que o PSDB do deputado federal Carlos Sampaio e o PL do deputado estadual Rafael Zimbaldi devem sair de mãos dadas no pleito de novembro. Se isso acontecer, os tucanos encerram uma aliança com o PSB de oito anos em Campinas.

2 Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios.

 
  • Ronaldo Caetano Durigon disse:

    Nenhum desses conseguirá fazer frente ao vereador Tenente Santini que será candidato a prefeito pelo partido progressista E se o tenente Santini me permitir me coloco à disposição para ser seu vice . Meu nome é Durigon sou desconhecido na política

    • José Arnaldo Bigode disse:

      Dorigon meus respeito a você, um grande homem e político, nas o Santini, me desculpe não vinga, nem tendo vc como você. Está é a minha opinião.

publicidade
publicidade
publicidade