menu 25-anos
facebook
publicidade
publicidade
Compartilhe
Notícias

Ampliação de dados no Reino Unido eleva número de mortos por covid-19 para 26.097, o 2º maior da Europa

Números agora incluem mortes inclusive nas casas de repouso; revelação aumenta pressão sobre Boris Johnson, criticado por demorar a impor isolamento

Agência Brasil, Band Mais

08h35 - 30/04/2020

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

O Reino Unido tem atualmente o segundo maior número oficial de mortes da pandemia de coronavírus na Europa, de acordo com novos dados divulgados nessa quarta-feira (29). Os números incluem mortes em todos os locais, incluindo casas de repouso.

Ao todo, já são 26.097 pessoas de todo o Reino Unido que morreram depois de serem diagnosticadas com covid-19, disse o Serviço de Saúde Pública da Inglaterra. Isso significa que o país teve mais mortes de covid-19 do que a França e a Espanha relataram.

“Esses dados mais completos nos darão um quadro mais pleno e atualizado das mortes na Inglaterra e influirão na abordagem do governo enquanto continuamos a proteger o público”, disse Yvonne Doyle, diretora-médica do serviço de saúde.

Um número de mortes tão alto no Reino Unido aumenta a pressão sobre o governo do primeiro-ministro, Boris Johnson, que está sendo criticado por partidos de oposição por ter demorado para impor um isolamento e para adotar os exames em larga escala.

Em meados de março, o principal conselheiro científico do governo disse que manter a taxa de mortalidade britânica abaixo de 20 mil seria um “bom resultado”.

Embora comparações internacionais sejam difíceis, os novos dados confirmam a posição do Reino Unido entre os países europeus mais atingidos pela pandemia.

A Itália, que só fica atrás dos Estados Unidos em número de mortes, informou nessa quarta-feira que 27.682 pessoas morreram depois de serem diagnosticadas com coronavírus.

Como no Reino Unido, seus números se baseiam em óbitos seguidos de exames positivos em todos os locais.

0 Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios.

publicidade
publicidade
publicidade