menu 25-anos
facebook instagram
publicidade
publicidade
Compartilhe
Blog da Rose

Arroz “some” da cesta básica entregue aos alunos da Prefeitura de Campinas

Produto está com o preço elevado e prefeitura diz que vai pedir reposição

Rose Guglielminetti, Blog da Rose

18h29 - 24/09/2020

Atualizado há 1 mês

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

O arroz desapareceu da cesta básica entregue pela Secretaria de Educação de Campinas aos alunos da Rede Municipal de Ensino. O produto ganhou protagonismo por conta da alta do preço, com estabelecimentos comerciais até limitando a quantidade por clientes. 

A falta do produto foi notada numa creche da região Noroente da cidade. Na cesta do mês vio com um pacote de açúcar, duas bolachas maizena, duas bolachas de água e sal, um café, três pacotes de feijão, quatro pacotes de macarrão, dois molhos de tomate, um óleo e um pacote de sal.

As cestas passaram a ser entregues aos alunos para repor as refeições que eram servidas nas escolas.

Em nota, a Secretaria de Educação informou que o produto foi retirado devido ao preço. Ressaltou que está cobrando do fornecedor a reposiçaõ do produto.

“Por conta da alta do arroz, como são 40 mil cestas, o fornecedor não conseguiu adquirir o produto. A prefeitura está cobrando do responsável que regularize a situação o mais rápido possível. Para compensar, foram incluídos na cesta mais 1/2 quilo de macarrão, 1 kg de carne e 2 litros de suco de uva. A carne fica no freezer da escola e é entregue no momento da retirada da cesta”, informou a Secretaria de Educação.

Desde março, foram entregues aproximadamente 400 mil cestas, entre básicas e de hortifruti aos alunos da rede.

Corte

O prefeito de Campinas, Jonas Donizette (PSB), anunciou no dia 14 desse mês que iria cortar as cestas para as famílias dos alunos do 5º e 9º ano que vão voltar às aulas no dia 7 de outubro. Diante disso, o promotor da Infância e Juventude de Campinas, Rodrigo Augusto de Oliveira, pediu que a prefeitura mantivesse a distribuição para os alunos que optarem pelo ensino remoto.

0 Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios.

 
publicidade
publicidade
publicidade