menu 25-anos
facebook
publicidade
publicidade
Compartilhe
Esporte

Aston Martin volta à Fórmula 1 em 2021

A montadora esteve na categoria entre 1959 e 1960

Esportes

12h06 - 03/04/2020

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

Depois de 60 anos, a Fórmula 1 terá novamente a montadora Aston Martin entre suas competidoras. A volta será na temporada 2021 e ela assume a atual Racing Point.

A equipe Aston Martin será chefiada pelo bilionário canadense Lawrence Stroll, que é pai do piloto Lance Stroll e que adquiriu parte da montadora. Se não tivesse sido adquirida poe ele, a montadora ficaria sem dinheiro em menos de um ano, segundo informações de veículos especializados em economia.

“O processo de investimento nesta maravilhosa marca de carros exigiu toda a minha atenção e energia por vários meses. Certamente houve algumas noites sem dormir. Ao mesmo tempo, foi um dos acordos mais emocionantes em que já estive envolvido. Carros são a minha paixão, grande parte da minha vida, e a Aston Martin sempre teve lugar especial no meu coração. Anunciar que o acordo está finalizado é um enorme privilégio e um dos momentos de maior orgulho da minha carreira”, disse o bilionário.

A atual Racing Point passou por diversas mudanças nas últimas temporadas. Até 2018, ela se chamava Force India, que vinha da época que era dirigida pelo empresário indiano Vijay Mallya. Foi com a recuperação judicial na equipe, que o bilionário entrou em ação comprando-a e, recentemente, a compra de parte da Aston Martin foi já pensando em renomear a equipe da Fórmula 1.

0 Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios.

relacionadas

publicidade
publicidade
publicidade