menu 25-anos
facebook
publicidade
publicidade
Compartilhe
Notícias

Aulas do ensino fundamental e médio em SP voltam em julho em sistema de rodízio

Volta à normalidade terá de cumprir protocolos como, por exemplo, distanciamento social

Rose Guglielminetti, Band Mais

13h00 - 24/04/2020

Atualizado há 1 mês

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

O governo de São Paulo anunciou nesta sexta-feira (24/04) que o retorno às aulas para os alunos do fundamental e médio será em julho, mas em esquema de rodízio. Na Educação Infantil, segundo o secretário de Educação, Rossieli Rosseti, as mães trabalhadoras deverão ter prioridade no atendimento nesta volta à normalidade.

A reabertura das escolas, no entanto, vai depender da autorização dos integrantes do Comitê de Contingenciamento e estará dentro do Plano São Paulo – que vai trazer as regras do retorno às atividades econômicas.

O coordenador do Comitê da covid-19, David Uip, explicou que os condicionantes levam em conta a estabilidade e o declínio de casos de óbitos e confirmados da doença; capacidade do sistema de saúde do Estado no atendimento aos doentes que precisam de UTI e a continuidade do distanciamento social.

“Estou preocupado porque ontem vi um monte de jovens aglomerados num posto de gasolina. Essa conta vai chegar daqui uma semana. Sem isolamento social não tem como combater o coronavírus. Precisamos ter compromisso social e responsabilidade com a sociedade”, disse UIP.

No caso da Educação Infantil, o secretário da Educação disse que a palavra final sempre será das prefeituras.

25 Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios.

publicidade
publicidade
publicidade