menu 25-anos
facebook instagram
publicidade
publicidade
Compartilhe
Blog da Rose

Aulas presenciais em Campinas voltam apenas para os alunos do 5º e 9º anos

Atendimento para crianças de zero a 3 anos não voltará este ano

Rose Guglielminetti

15h50 - 31/08/2020

Atualizado há 1 mês

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

As aulas presenciais em Campinas voltarão no dia 7 de outubro apenas para so alunos matriculados nos 5º e 9º anos do Ensino Fundamental. Os demais vão continuar tendo aulas online.

Na Educação Infantil, o atendimento às crianças de zero a três anos não retornará neste ano. Os alunos com idade entre 4 a 5 anos poderão voltar, mas ainda passará por uma avaliação do Plano São Paulo para bater o martelo. Uma primeira avaliação será feita no dia 15 de setembro. Para que as aulas retomem, todas as cidades terão de estar na fase amarela por um período de 28 dias.

Crianças com comorbidades estão proibidas de frequentar as aulas presenciais.

De acordo com o secretário de Saúde, Carmino de Souza, a restrição epidemiológica da saúde para o retorno às aulas atinge os alunso de até 5 anos.

Segundo a secretária de Educação, Solange Pelicer, a decisão de priorizar as duas séries do ensino fundamental, que reúnem cerca de 4 mil alunos, se deu porque são as turmas finais para mudança de fase dentro do projeto pedagógico.

Para os estudantes que voltarão às aulas serão entregues kits contendo máscara de proteção contra o coronavírus, álcool em gel e garrafa de água. O distanciamento entre as carteiras será de um metro e meio.

A partir de amanhã (1º/09) a Prefeitura de Campinas vai fazer uma consulta aos pais e responsáveis dos alunos para saber se eles concordam ou não com as aulas presenciais.

Nenhum aluno será reprovado neste ano.

As regras valem apenas para as escolas da prefeitura.

Testagem

Segundo o prefeito Jonas Donizette (PSB), a prefeitura está tentando viabilizar a testagem em todos os profissionais de Educação.

Além disso, os alunos terão de apresentar carteira de vacinação contra o influenza. Segundo o secretário de Saúde, Carmino de Souza, a cobertura vacinal da faixa etária entre 0 e 6 anos, é de 72%. “O ideal é termos 90% de cobertura”, disse ele.

1 Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios.

 
  • Vanessa disse:

    Todos sabem que vacina do Influenzae não previne corona vírus. Espero que os pais não aceitem esse absurdo. Tem politicagem aí. Fase amarela, com casos continuando a subir e pessoas morrendo todos os dias?

publicidade
publicidade
publicidade