menu
facebook instagram
publicidade
publicidade
Compartilhe

imagem: Thayna Polin/Prefeitura de Bauru

Notícias

Bauru vacina pessoas de 30 a 39 anos com comorbidade ou deficiência nesta quarta-feira (2)

O horário será das 8h às 12h

Band Paulista

08h10 - 02/06/2021

Atualizado há 21 dias

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

A Secretaria de Saúde de Bauru começa, nesta quarta-feira (2), a aplicação da vacina contra a Covid-19 para pessoas de 30 a 39 anoso com comorbidade. Também vai ter início a vacinação de pessoas desta mesma faixa de idade com deficiência permanente que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC).

A aplicação da primeira dose a estes públicos vai ocorrer de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h, nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) e Unidades de Saúde da Família (USF). Apenas as UBSs da Vila Falcão, Geisel e Mary Dota não aplicam a vacina. Para esta etapa, a Prefeitura de Bauru recebeu 9.540 doses da vacina AstraZeneca/Oxford, enviadas pelo Estado após repasse do Ministério da Saúde.

Antes de procurar uma unidade de saúde, a pessoa deve fazer o agendamento obrigatório no site da Prefeitura de Bauru (www.bauru.sp.gov.br/agendamentovacinas).  As pessoas de 40 a 59 anos que possuem comorbidade ou com deficiência permanente que recebem o BPC, também conhecido como LOAS, e que não receberam a primeira dose, também podem continuar fazendo o agendamento no site.

COMORBIDADES COM CRITÉRIOS FLEXIBILIZADOS

A prefeitura de Bauru flexibilizou as regras para aplicação da vacina da Covid-19 em pessoas com hipertensão, pacientes oncológicos ou com doenças cardiovasculares. No caso dos pacientes hipertensos, a vacina será aplicada em todas as pessoas que tomam ao menos um medicamento.

Já para os pacientes oncológicos, serão consideradas todas as pessoas que tenham recebido diagnóstico precoce da doença, ou que irão passar por procedimento cirúrgico, que iniciarão ou estejam em quimioterapia (endovenosa/oral), radioterapia, ou que estejam em acompanhamento até seis meses após quimioterapia ou radioterapia.

Em relação a doenças cardiovasculares, todos os pacientes portadores de arritmias cardíacas comprovadas por laudo médico poderão receber a vacina. As alterações já ocorreram em outros municípios, incluindo capitais, e podem acontecer de acordo com o Plano Nacional de Imunização (PNI) do Ministério da Saúde.

OUTROS PÚBLICOS A aplicação da primeira dose da vacina segue em Bauru para todas as pessoas com 60 anos ou mais, e para pessoas com Síndrome de Down e transplantados. Já a segunda dose segue para pessoas com 60 anos ou mais, sendo a vacina AstraZeneca/Oxford oferecida em todas as UBSs e USFs, das 13h às 15h, menos das UBSs do Centro e Vila Cardia e no Promai, que disponibilizam a segunda dose da vacina Coronavac aos idosos em

0 Comentário

publicidade
publicidade
publicidade