menu
facebook instagram
publicidade
publicidade
Compartilhe

foto: wikipedia

Notícias

Bauru vai seguir horários do Plano SP a partir de sexta-feira (16)

O comércio passa a funcionar das 6h às 23h

Band Paulista

08h46 - 15/07/2021

Atualizado há 18 dias

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

A prefeitura de Bauru publica, nesta quinta-feira (15), o novo decreto no Diário Oficial confirmando que vai seguir os horários definidos no Plano São Paulo para o funcionamento de estabelecimentos comerciais e de serviços. O decreto para a valer a partir desta sexta-feira (16), e terá validade até 31 de julho. Com isso, o horário de funcionamento passa a ser das 6h às 23h, duas horas a mais em comparação aos decretos anteriores.

No entanto, seguindo a análise dos indicadores epidemiológicos de Bauru e região, com a evolução da taxa de ocupação hospitalar, casos e óbitos, a ocupação máxima dos estabelecimentos comerciais e de serviços será de até 40% da capacidade, com o espaço mínimo de um metro e meio entre as pessoas. O índice é superior ao dos decretos anteriores, de 30%, mas um pouco abaixo do previsto no Plano São Paulo.

Em relação ao horário dos estabelecimentos, deve ser respeitado o encerramento total de atendimento presencial aos clientes até às 23h, de acordo com o Plano São Paulo. Desta maneira, a recomendação é que a entrada de clientes seja encerrada antes deste horário, para que a saída de todos ocorra até às 23h. A retirada no balcão também fica permitida até às 23h, enquanto o delivery e o drive-thru podem ocorrer em qualquer horário, para todas as atividades comerciais e de serviços.

A venda de bebidas alcoólicas fica proibida das 23h até 6h do dia seguinte, inclusive por delivery e drive thru. O consumo de bebidas alcoólicas em vias públicas continua proibido em todos os dias da semana, em qualquer horário. Já a prática de esportes coletivos em espaços públicos e privados está permitida, mas sem a presença de público e sem aglomerações no entorno destes espaços.

CUIDADOS DEVEM SEGUIR

A Secretaria de Saúde reforça que a população deve manter todos os cuidados para o controle da pandemia. O uso de máscara segue obrigatório em todos os espaços públicos e nos estabelecimentos comerciais e de serviços. Os estabelecimentos também devem disponibilizar álcool gel para clientes e funcionários, e manter os ambientes higienizados. Além disso, é fundamental que as pessoas evitem qualquer tipo de aglomeração, uma vez que a pandemia continua.

COMO FICA

Até o dia 31 de julho

Ocupação máxima em todos os estabelecimentos – até 40% da capacidade

Comércio em geral, incluindo shoppings, galerias comerciais, salões de beleza, barbearias e academias – funcionamento permitido das 6h às 23h, com ocupação de até 40% da capacidade e distância mínima de 1,5 metro entre as pessoas

Supermercados, padarias, mercearias e açougues – ocupação de até 40% da capacidade e distância mínima de 1,5 metro entre as pessoas

Bares, restaurantes, lanchonetes e demais estabelecimentos da alimentação, incluindo praças de alimentação de shoppings e galerias, barracas, trailers, ‘food trucks’ e similares – podem funcionar das 6h às 23h, com ocupação de 40% da capacidade e distância mínima de 1,5 metro entre as mesas e também entre pessoas de mesas diferentes. Após às 23h, autorizado apenas delivery e ‘drive thru’, exceto bebida alcoólica

Venda de bebida alcoólica – proibida em todos os estabelecimentos, das 23h às 6h, em todos os dias da semana

Consumo de bebida alcoólica em vias públicas – proibido todos os dias da semana, em qualquer horário

Delivery e ‘drive thru’ – permitido 24 horas por dia, em todos os dias da semana, exceto a comercialização de bebidas alcoólicas, que fica proibida das 23h às 6h. Já a retirada no balcão fica proibida das 23h às 6h

Esportes coletivos – as quadras e campos podem funcionar das 6h às 23h, apenas com a presença das pessoas que participarão da atividade, sem a presença de público

Igrejas e templos religiosos – podem funcionar, com redução de limite de ocupação para 40% da capacidade e distância mínima de 1,5 metro entre as pessoas.

0 Comentário

publicidade
publicidade
publicidade