menu
facebook instagram
publicidade
publicidade
Compartilhe

foto: ilustração

Saúde

Casos leves de síndrome gripal devem procurar as UBSs

A medida vale a partir de segunda-feira (3)

Band Paulista

11h00 - 31/12/2021

Atualizado há 17 dias

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

A Secretaria de Saúde de Bauru-SP informou que em razão de aumento na procura por atendimento de casos de síndrome gripal nas Unidades de Pronto Atendimento (UPA), nos últimos dias, vai direcionar os pacientes para as Unidades Básicas de Saúde (UBS) e Unidades de Saúde da Família (USF), a partir de segunda-feira (3).

Na semana que vem, nove unidades básicas ficarão abertas em horário ampliado, para desafogar as UPAs, e todas estão preparadas para receber pacientes com sintomas gripais, que deverão procurar umas das 24 UBSs e USFs do município, que fazem o atendimento na atenção primária à saúde. A população deverá procurar as UPAs apenas em casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), com falta de ar, para evitar a sobrecarga das unidades de urgência e emergência de Bauru.

Entre os dias 3 e 7 de janeiro, as UBSs do Geisel, Vila Falcão, Independência, Bela Vista e Mary Dota, e as USFs da Vila São Paulo e da Vila Dutra vão funcionar com horário ampliado, das 7h às 21h, e as UBSs do Jardim Redentor e Jardim Godoy funcionarão das 7h às 19h. As demais unidades vão funcionar no horário normal, das 7h às 17h. A população deverá procurar essas unidades em casos leves. Já as UPAs funcionam 24 horas, e devem ser procuradas em casos graves, ou aos finais de semana e feriados.

Tanto as UBSs e USFs como as UPAs realizam o exame para diagnóstico dos casos, para identificação de Covid-19. Já a verificação de casos de Influenza é feita nos pacientes com SRAG. Os demais pacientes recebem o tratamento para os sintomas da gripe, como febre, coriza, dor no corpo, tosse, entre outros.

A pasta esclarece ainda que apesar do aumento na procura por atendimentos nas UPAs, não ocorreu significativo aumento na positividade ou letalidade especialmente relacionado a casos de Covid-19, estando os órgãos da vigilância atentos a qualquer alteração do quadro. Por fim, a Secretaria de Saúde lembra que a prevenção da Covid-19 e da Influenza e demais doenças respiratórias é a mesma, com o uso de máscara, higienização frequente das mãos com álcool gel ou água e sabão, e evitar aglomerações.

0 Comentário

publicidade
publicidade
publicidade