menu
facebook instagram
publicidade
publicidade
Compartilhe

Imagem: divulgação

Notícias

Prefeitura de Agudos alerta sobre cuidados contra o mosquito da dengue

Trabalho é feito para acabar com os criadouros

Band Paulista

10h00 - 27/04/2021

Atualizado há 8 dias

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

A Secretaria de Saúde de Agudos fez um alerta nesta segunda-feira (26), sobre os cuidados que se deve tomar contra o mosquito Aedes Aegypti, transmissor da dengue, chikungunya e zika.

De acordo com a prefeitura, a cidade já registrou 15 casos de dengue este ano (imagem: divulgação)

De acordo com a pasta, até o momento o município já contabilizou 15 casos positivos da doença e há monitoramento de um caso suspeito.

Apesar de o número de casos não ser tão alto como em anos anteriores, a prevenção é sempre o melhor remédio contra a dengue e evitar a proliferação do mosquito, significa frear o registro de novos casos.

A população é corresponsável no combate e no trabalho preventivo ao eliminar da própria casa os possíveis criadouros de larvas como vasinhos, garrafas, pratos e qualquer outro objeto que possa acumular água parada. Esse cuidado é primordial para evitar a proliferação do mosquito, pois elimina o transmissor ainda na sua fase inicial.

A Secretaria de Saúde informa ainda que já realizou ações de nebulização e bloqueio de criadouros em várias regiões da cidade. O bairro mais recente a receber a ação foi o Jardim Bela Vista. As ações ocorrem de acordo com o registro de casos positivos da doença nos bairros.

Dicas de combate ao Aedes Aegypti

• Verifique se as calhas e/ou canaletas estão com escoamentos adequados de forma a não acumularem água parada;

• As piscinas devem receber tratamentos com os produtos usuais mesmo que não estejam sendo utilizadas;

• Pratos de plantas devem ser furados para não acumularem água;

• Reservatórios de água precisam estar bem vedados de forma a impedir o acesso de mosquitos;

• Os bebedouros de consumo animal têm que ser lavados, no mínimo, duas vezes por semana;

• Brinquedos, latas, potes e outros recipientes úteis devem ser armazenados em local coberto para não acumularem água da chuva;

• Vasos sanitários com pouco uso também são recipientes utilizados pela fêmea do Aedes aegypti para depositar os seus ovos, por isso acionar a descarga, no mínimo, duas vezes por semana impedirá que nasçam mosquitos;

0 Comentário

publicidade
publicidade
publicidade