menu 25-anos
facebook
publicidade
publicidade
Compartilhe
Notícias

Bolsonaro participa de ato em Brasília contra Congresso e STF, defendendo AI-5 e intervenção militar

Dezenas se aglomeraram para ouvi-lo, em desobediência às orientações da OMS para conter propagação do coronavírus

Band Mais

07h51 - 20/04/2020

Atualizado há 1 mês

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

O presidente Jair Bolsonaro participou neste domingo (19) de manifestação em Brasília que defendeu uma intervenção militar. O presidente discursou do alto de uma caminhonete, em frente ao quartel-geral do Exército, que comemorava o seu dia. Dezenas se aglomeraram para ouvi-lo, em desobediência às orientações de isolamento social da Organização Mundial da Saúde (OMS) para conter a propagação do coronavírus. Ele ainda tossiu e usou as mãos, em vez da parte interna do cotovelo, conforme orientação das autoridades sanitárias.

No discurso, Bolsonaro disse que ele e seus apoiadores não querem negociar nada e voltou a criticar o que chamou de “velha política”. “Nós não queremos negociar nada. Nós queremos é ação pelo Brasil. O que tinha de velho ficou para trás. Nós temos um novo Brasil pela frente. Todos, sem exceção, têm que ser patriotas e acreditar e fazer a sua parte para que nós possamos colocar o Brasil no lugar de destaque que ele merece. Acabou a época da patifaria. É agora o povo no poder.”

Antes da fala de Bolsonaro, manifestantes gritavam “Fora, Maia”, “AI-5”, “Fecha o Congresso”, “Fecha o STF”. O Ato Institucional número 5 (AI-5) vigorou durante dez anos (de 1968 a 1978), no período mais repressivo da ditadura militar. A medida de exceção foi usada para punir opositores ao regime e cassar parlamentares.

Pouco depois, ele postou em uma rede social um trecho do discurso em que diz aos manifestantes: “Eu estou aqui porque acredito em vocês. Vocês estão aqui porque acreditam no Brasil.”

0 Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios.

publicidade
publicidade
publicidade