menu 25-anos
facebook
publicidade
publicidade
Compartilhe
Notícias

Bolsonaro volta a defender o uso da hidroxicloroquina em pronunciamento

O presidente citou conversa com o médico Roberto Kalil, curado da doença com o uso da medicação

Band Mais

20h41 - 08/04/2020

Atualizado há 1 mês

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

Na noite desta quarta-feira (08), o presidente Jair Bolsonaro fez um novo pronunciamento em cadeia nacional de rádio e televisão.

Nele, o presidente defendeu ferozmente o uso da hidroxicloroquina. Ele citou a conversa que teve mais cedo com o médico Roberto Kalil, que divulgou que se curou do coronavírus com o uso da medicação.

O presidente louvo a atitude do médico por ter sido verdadeiro em falar sobre o uso do medicamento, em uma clara alusão ao fato do médico Davi Uip, que coordenada o combate do coronavírus em São Paulo, não revelar qual medicação usou em seu tratamento.

Bolsonaro, em sua defesa da cloroquina, anunciou que a Índia, através de um acordo junto ao primeiro-ministro indiano Narendra Modi, irá enviar insumos até o sábado (11) para que o Brasil produza mais do medicamento.

Com esse acordo entre os países, segundo o presidente, a medicação será usada nos tratamentos de paciente com coronavírus, sem afetar os que necessitam do mesmo, como doentes por malária e com problemas como lupus e artrite.

No pronunciamento, Bolsonaro voltou a responsabilizar os governadores e prefeitos pelas medidas de isolamento, que afetam diretamente a economia do país.

Segundo ele, o Governo Federal não foi consultado e não orientou sobre a condução do mesmo.

0 Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios.

publicidade
publicidade
publicidade