menu 25-anos
facebook instagram
publicidade
publicidade
Compartilhe

Divulgação/BJD

Notícias

Bragança Paulista reabre o comércio e descumpre decreto do governo que determinou o fechamento

Comércio e igrejas voltam a ser reabertos a partir de hoje

Band Mais

11h01 - 15/07/2020

Atualizado há 6 meses

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

A Prefeitura de Bragança Paulista decidiu reabrir a partir desta quarta-feira (15/07) o comércio da cidade e se classificou, por conta própria, na fase amarela. A medida descumpre o decreto do governo de São Paulo que, na semana passada, determinou que 42 municípios da região de Campinas retrocedessem para a fase vermelha – em que apenas as atividades essenciais são liberadas.

A cidade já vinha descumprindo a determinação do estado e até ontem estava na fase laranja – que permite o funcionamento do comércio em horário reduzido. No caso de Bragança, a mudança para a fase amarela vai colocar fim ao rodízio no comércio da região central.

Bragança Paulista tem 23 mortes e 922 casos confirmados da doença. A ocupação hospitalar está em 77,8% nos leitos de UTI e 80% em enfermarias.

Entenda as alterações

Os serviços considerados essenciais poderão abrir de segunda a sexta-feira dentro do horário de alvará. Porém, no fim de semana apenas postos de combustíveis, mecânicas e serviços ligados a área da saúde poderão funcionar. Os demais serviços como, por exemplo, supermercados, lanchonetes, padarias entre outros apenas no sistema de delivery.

Já os serviços considerados não essenciais tanto os da região central quanto os dos bairros irão abrir de terça a sexta-feira, obedecendo o horário de funcionamento de seis seis horas diárias das 11h às 17h.

Com relação aos templos religiosos irão abrir durante a semana no horário permitido pelo alvará. No fim de semana, as atividade deverão ser de forma online.

0 Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios.

 
publicidade
publicidade
publicidade