menu 25-anos
facebook instagram
publicidade
publicidade
Compartilhe
Blog da Rose

Câmara de Campinas faz estudo para recriar 66 cargos que foram extintos há um mês

Custo será de R$ 7 milhões a mais ao ano

Rose Guglielminetti, Band Mais

15h37 - 11/01/2021

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

A Câmara de Vereadores de Campinas já estuda recriar os 66 cargos de assessorias com salário de R$ 8,8 mil a partir de 2021. Os cargos foram extintos há um mês para cumprir medida judicial. A reduçaõ de sete para cinco cargos traria uma economia de R$ 7 milhões ao ano.

Os cargos que deverão ser recriados têm salários de R$ 8.884,82, mesmo valor pago aos que foram extintos e que exigem formação de nível superior. Com isso, o Legislativo campineiro voltaria a gastar mais R$ 7 milhões para custear esse aumento.

Hoje a despesa por gabinete para custear os cinco cargos são de R$ 29.699,20. Se os dois cargos forem recriados, a despesa por vereador vai R$ 47,4 mil.

Segundo o presidente da Câmara de Vereadores de Campinas, Zé Carlos (PSB) há vereadores que querem dividir o valor dos R$ 16 mil pagos aos dois cargos em quatro cargos. “O estudo vai apontar se poderemos criar os cargos porque o que foi apontado é que havia um problema de nomemclatura e não de valores. Eu acho que se voltar os dois cargos já é suficiente”, disse ele.

A Justiça considerou que o projeto de lei que criou os cargos em 2018 era inconstitucional porque os parlamentares apresentaram uma nova lei para se adequar à Justiça, mas apenas mudaram os nomes dos cargos, mas a essência do que o judiciário questionava permanecia.

0 Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios.

 

relacionadas

publicidade
publicidade
publicidade
Mais notícias