menu 25-anos
facebook instagram
publicidade
publicidade
Compartilhe
Blog da Rose

Campinas confirma 1ª morte de criança por covid-19; óbitos chegam a 92

Cidade tem 2.298 casos confirmados da doença

Rose Guglielminetti, Blog da Rose

10h31 - 04/06/2020

Atualizado há 3 meses

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

Campinas confirmou nesta quinta-feira (04/06) a primeira morte de uma criança de 5 anos por covid-19. Ela tinha outras doenças e morreu na última terça-feira. Essa criança é a 14ª vítima no Estado de São Paulo, quando foram registrados 13 óbitos deste grupo, sendo que 14 tinham comorbidades e uma era saudável.

A Prefeitura de Campinas confirmou ainda oito novos óbitos, incluindo o da criança, de ontem para hoje. Com isso, são 92 óbitos devido à doença.

“A criança que faleceu em Campinas tinha uma doença genética em investigação e um quadro renal que estava sendo cuidado. Esses foram elementos adicionais (para o falecimento), além da infecção com relação a covid-19. Os mais vulneráveis são os que acabam adquirindo a Covid-19. Todas as mortes nos constrangem, mas a morte de uma criança nos entristece muito”, disse o secretário de saúde, Carmino de Souza.

A segunda vítima é um homem de 72 anos, que morreu no dia 23/05. Ele tinha outras comorbidade. Estava internado em hospital público.

A outra vítima é uma mulher de 86 anos, que tinha outras doenças e morreu no dia 02/06 em hospital privado.

A quarta vítima é uma mulher de 89 anos, com outras doenças e que morreu no último dia 23 de maio em um hospital público.

A quinta vítima é um homem de 72 anos, que tinha outras doenças. Ele morreu no último dia 31 de maio num hospital público.

A sexta vítima é uma mulher de 68 anos, que não tinha outras doenças. Ela morreu no dia 31 de maio em um hospital público.

Uma mulher de 33 anos, com outras comorbidades, é a sétima vítima. Ela morreu no dia 31 de maio.

A oitava vítima é de um homem de 70 anos, que tinha outras doenças e morreu ontem (03/06) num hospital privado.

Casos confirmados

A cidade chegou a 2.298 pessoas doentes e investiga outras 413 casos. Dos casos confirmados, 165 pessoas estão internadas e 405 em isolamento social.

Foram descartados 5.571 casos suspeitos.

De acordo com a Saúde, 1.636 pessoas se recuperaram da doença.

0 Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios.

 
publicidade
publicidade
publicidade