menu 25-anos
facebook instagram
publicidade
publicidade
Compartilhe
Blog da Rose

Campinas confirma nove mortes nas últimas 24 horas; óbitos chegam a 116

A cidade tem 2.956 casos confirmados da doença

Rose Guglielminetti, Blog da Rose

15h35 - 09/06/2020

Atualizado há 2 meses

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

Campinas confirmou nesta terça-feira mais nove mortes nas últimas 24 horas. Com isso, a cidade chega a 116 óbitos. São investigados ainda 28 mortes suspeitas.

Todas as vítimas, com exceção de uma tinham doenças pré-existentes e tinham acima de 60 anos.

A primeira vítima era um homem de 68 anos, que tinha outras doenças. Ele morreu no dia 6 de junho e estava internado em hospital público.

A segunda vítima era uma mulher de 67 anos, que tinha doenças pré-existentes. Morreu no dia 7 de junho em hospital privado.

Um homem de 81 anos é a terceira vítima fatal. Ele tinha comorbidades e morreu no dia 04 de junho em hospital público.

A quarta vítima é um homem de 91 anos, com doenças pre-existentes e que morreu ontem (08/06) em hospital privado.

A quinta vítima é um homem de 79 anos, com comorbidades, que morreu ontem (08/06) em hospital privado.

Um homem de 76 anos, que tinha outras doenças, é a sexta vítima da covid-19. Ele morreu ontem (08/06) em hospital privado.

Uma mulher de 71 anos, com outras doenças, é a sétima vítima. Ela morreu no dia 6 de junho em hospital público.

A oitava vítima é um homem de 68 anos, que não tinha doenças pré-existentes, que morreu no dia 4 de junho em hospital público.

Uma mulher de 83 anos, com outras doenças, é a nona vítima, que morreu no dia 7 de junho, em hospital privado.

“Quero ressaltar que o idoso não é para andar de ônibus e não é para ir para a cidade”, disse o prefeito de Campinas, Jonas Donizette (PSB).

Casos

A cidade tem 2.956 casos confirmados da doença. Desse grupo, 189 estão internadas e 575 estão em isolamento domiciliar.

Estão sendo investigados 433 casos suspeitos e foram descartados 6.324 casos.

Segundo a Saúde, 2.076 pessoas se recuperaram da doença.

0 Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios.

 
publicidade
publicidade
publicidade