menu
facebook instagram
publicidade
publicidade
Compartilhe
Blog da Rose

Mario Gatti suspende cirurgias eletivas por causa de pressão nos leitos de UTI

Medida vai durar uma semana

Rose Guglielminetti, Blog da Rose

19h56 - 26/05/2021

Atualizado há 25 dias

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

A Saúde de Campinas decidiu suspender as cirurgias eletivas na Rede Mário Gatti por causa da pressão sobre os leitos de UTI para pacientes com covid-19. Na manhã desta quarta-feira (26/05), a Sala Vermelha, do Hospital Mário Gatti, que funciona como um espaço de transição até a transferência para o local de internação, estava superlotada. A capacidade é de 10 pessoas e tinha 23 pacientes.

A suspensão num primeiro momento vai durar uma semana.

LEIA MAIS

Superlotado, Mário Gatti vive caos

As cirurgias oncológicas, porém, estão mantidas. A Prefeitura de Campinas não divulga o número de pessoas na fila de espera que tiveram as cirurgias eletivas desmarcadas desde o ano passado, quando começou a pandemia.

A taxa de ocupação de leitos de UTI exclusivos para pacientes com covid-19 nas redes pública e particular de saúde de Campinas está em 88,47%. Dos 399 leitos, 353 estão ocupados. Dos 46 leitos disponíveis, apenas dois são do SUS.

0 Comentário

publicidade
publicidade
publicidade