menu
facebook instagram
publicidade
publicidade
Compartilhe
Blog da Rose

Câmara de Paulínia afasta vereador por suspeita de rachadinha

Parlamentar teria ficado com parte do salário de uma funcionária do seu gabinete

Rose Guglielminetti, Blog da Rose

14h16 - 29/06/2021

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

A Câmara de Paulínia cumpriu a medida judicial e afastou nesta segunda-feira (28/06) o vereador João Mota (DC), suspeito de rachadinha. De acordo com a denúncia do Ministério Público, o parlamentar ficava com parte dos salários de uma ex-funcionária.

“A Câmara Municipal de Paulínia recebeu ofício do Ministério Público com decisão judicial determinando o afastamento do vereador João Mota (DC). cumprirá a decisão judicial e seguirá colaborando com todos os desdobramentos da investigação”, diz a nota.

A Procuradoria da Câmara ainda está analisando para saber se haverá a convocação do suplente. Caso tenha sinal verde, o primeiro suplente é o ex-prefeito e ex-vereador Antonio Miguel Ferrari (DC), o Loira. A posse seria na sessão na próxima terça-feira, dia 6.

Contra o parlamentar foram reunidos documentos como mensagens de WhatsApp, extratos bancários, filmagens e depoimentos da retenção do salário da servidora para legitimar o pedido de suspensão do mandato. 

0 Comentário

publicidade
publicidade
publicidade
Mais notícias