menu
facebook instagram
publicidade
publicidade
Compartilhe
Blog da Rose

Campinas tem 100 pessoas na fila de espera por um leito de UTI e enfermaria

Desse total, 70 são para leitos de alta complexidade

Rose Guglielminetti, Blog da Rose

16h00 - 10/03/2021

Atualizado há 1 mês

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

A Secretaria de Saúde de Campinas informou que há, nesta quarta-feira (10/03), 100 pacientes com coronavírus aguardando por uma vaga nos leitos de UTI e de enfermarias nos hospitais. A situação é tão dramática que o secretário de Saúde, Lair Zambom, disse que se uma pessoa precisar de um atendimento em UTI para outro tipo de doença terá muita dificuldade para conseguir uma vaga.

Qualquer pessoa terá muita dificuldade para conseguir leitos de UTI não apenas nos hospitais públicos, mas também nos privados. A situação é séria e a população tem que adotar o isolamento

Lair Zambon, secretário de Saúde

Das 100 pessoas que estão na fila, 70 delas precisam de um leito de UTI. O prefeito de Campinas, Dário Saadi (Republicanos), disse que essas pessoas não estão desassistidas. “Elas estão dentro de uma sala, sendo atendidas, mas precisam de um um atendimento especializado”, disse o prefeito. Esses pacientes estão nas redes Mário Gatti, Ouro Verde, UPAS, entre outros hospitais.

O presidente da Rede Mário Gatti, Sergio Bisogni, disse que o perfil da doença também mudou. “Estamos tendo mais casos de jovens e que ficam mais tempo nos leitos e isso pressiona. Além disso, voltamos a ter casos de crianças com problemas respiratórios”, disse ele.

Festas clandestinas

Os gestores também chamaram atenção por parte da população que tem feito festas clandestinas. Do final de semana para essa semana, a GM fiscalizou 800 festas clandestinas.

0 Comentário

publicidade
publicidade
publicidade