publicidade
publicidade
Compartilhe
Blog da Rose

Campinas tem 84,65% dos leitos de UTI para covid-19 ocupados na véspera do estado definir quarentena

Amanhã, governo de SP anuncia se revogará decreto que colocou todo estado na fase Vermelha aos finais de semana e das 20h às 6h nos dias úteis

Zezé de Lima, Blog da Rose

16h57 - 02/02/2021

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

Às vésperas de o governo do Estado anunciar se revogará o decreto que colocou todo o estado na fase Vermelha do Plano São Paulo aos finais de semana e das 20h às 6h nos dias úteis, Campinas tem 84,65% dos seus leitos de UTI exclusivos para covid-19 ocupados. A fase Vermelha é a mais restritiva do plano de flexibilização econômica da quarentena e só permite o funcionamento presencial de serviços essenciais. O endurecimento foi adotado no dia 25 de janeiro e vigoraria, a princípio, até 8 de fevereiro.

No total, Campinas conta com 254 leitos de UTI exclusivos para pacientes com covid-19 nas redes pública e particular. Deste total, 215 estão ocupados, o que corresponde a 84,65%. Há 39 leitos livres somando as redes pública e particular.

Amanhã, a prefeitura, que na segunda-feira inaugurou cinco novos leitos de UTI covid no Hospital Ouro Verde, deve colocar em operação mais 10. Há ainda a expectativa de que o Hospital de Clínicas (HC) da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) também entregue mais 13 leitos de UTI exclusivos para covid-19 ainda esta semana. A entrada de mais leitos no sistema, principalmente no público, vai reduzir a taxa de ocupação.

Os leitos estão divididos da seguinte forma:

SUS Municipal: 100 leitos, dos quais 88 estão ocupados, o que equivale a 88%. Há 12 leitos livres.

SUS Estadual: 17 leitos, dos quais 16 estão ocupados, o que corresponde a 94,12%. Há 1 leito livre.

Particular: 137 leitos, dos quais 111 estão ocupados, o que equivale a 81,02%. Há 26 leitos livres.

0 Comentário

publicidade
publicidade
publicidade