menu
facebook instagram
publicidade
publicidade
Compartilhe
Blog da Rose

Campinas vai reajustar o IPTU pela inflação no ano que vem

Previsão é arrecadar R$ 956,2 milhões com o imposto em 2022

Rose Guglielminetti, Blog da Rose

15h26 - 08/12/2021

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

O secretário de Finanças, Aurílio Caiado, disse nesta quarta-feira (08/12) que o IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) de Campinas será reajustado pela inflação no ano que vem. O imposto é a terceira maior receita da Administração para o ano que vem. A previsão é arrecadar R$ 956,2 milhões. A principal receita vem do ISS, com R$ 1,3 bilhão e ICMS, com R$ 979,2 milhões.

Nos últimos anos, Campinas teve uma atualização do mapa de valores dos imóveis, o que gerou um aumento de quase 60% sobre o IPTU para os contribuintes.

“O prefeito Dário (Saadi) disse que não quer aumentar impostos principalmente em função da crise econômica gerada pela pandemia”, disse Caiado.

A cidade tem mais de 460 mil imóveis residenciais, comerciais e industriais que pagam o imposto predial.

Refis

Campinas arrecadou R$ 136,7 milhões com o Refis – programa de renegociação de dívidas que terminou no último dia 03 de dezembro. Deste total, R$ 124,8 milhões são de pagamentos à vista e, R$ 11,9 milhões, dos primeiros pagamentos de quem optou pelo parcelamento da dívida.

Em pouco mais de dois meses, foram firmados 16.145 acordos de parcelamento e geradas 73.651 guias para pagamento à vista. 

Ouça a entrevista completa concedida pelo secretário ao programa “Bastidores do Poder”, da Rádio Bandeirantes, apresentado por mim e pela jornalista Zezé de Lima.

0 Comentário

publicidade
publicidade