menu
facebook instagram
publicidade
publicidade
Compartilhe
Blog da Rose

Depois de quatro semanas, SUS Municipal volta a ter leitos de UTI para covid-19; fila de espera também reduz

Ocupação está em 95,99%

Rose Guglielminetti, Blog da Rose

15h23 - 06/04/2021

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

Apesar de a ocupação de leitos de UTI exclusivos para pacientes com coronavírus estar alta, em 95,99%, os hospitais da Prefeitura de Camipnas voltaram a ter leitos de alta complexidade após quatro semanas sem nenhuma vaga. Nesta terça-feira (06/04), dos 160 leitos existem quatro leitos livres. Além disso, a fila de espera por um leito de enfermaria ou de UTI também caiu. Hoje tem 78 pacientes esperando. Na sexta-feira (02/04), eram 177.

“Esse resultado mostra que apesar das medidas amargas, há um efeito positivo sobre a presão nos leitos”, disse o prefeito de Campinas, Dário Saadi (Republicanos).

O HC (Hospital de Clínicas da Unicamp) está com todos os 38 leitos ocupados.

Na rede privada, dos 251 leitos, 237 estão ocupados, o que equivale a 94,42%. Há 14 leitos vagos.

Dos 449 leitos nas rede pública e privada, 431 têm pacientes internados. No toral, há 18 leitos disponíveis para internação.

O secretário de Saúde, Lair Zambon, disse que espera que em 10 dias a pressão sobre os leitos de UTI dê uma tregua. “Mas teremos outros desafios como a necessidade de leitos de UTI para cirurgias eletivas”, disse ele.

0 Comentário

publicidade
publicidade
publicidade