menu
facebook instagram
publicidade
publicidade
Compartilhe
Blog da Rose

Direção do HC da Unicamp critica uso político sobre novos leitos

Leitos foram reabertos na última segunda-feira (05/07)

Rose Guglielminetti, Blog da Rose

13h12 - 08/07/2021

Atualizado há 15 dias

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

A direção do HC (Hospital de Clínicas) da Unicamp criticou o uso político sobre a ampliação de 10 leitos de UTI para pacientes covid-19 na última segunda-feira (05/07).

O foco é o vereador Marcelo Silva (PSD) que divulgou nas redes sociais de que a reativação dos novos leitos foi feita após um pedido dele ao governo do Estado. “Nossa pressão surtiu efeito”, escreveu o parlamentar.

No mesmo post, a assessoria do hospital rebateu a informação. “Fakenews. O vereador está se apropriando de um assunto fora da sua atuação”, escreveu. Ocorre que a reabertura dos leitos, segundo a assessoria de imprensa do HC, foi feita pela reitoria da universidade em parceria com a superitência do Hospital. Ou seja, a verba para contratação da empresa que vai operacionalizar os 10 leitos será da universidade.

A Secretaria do governo do Estado irá custear contratações de profissionais de enfermagem e fisioterapia, medicamentos e insumos médico-hospitalares por um período de 90 dias.

Os leitos foram fechados no dia 10 de junho. Neste período o hospital ficou com 30 leitos de UTI para pessoas com coronavírus. Agora, são ofertados 40 leitos.

Post que irritou a direção do HC da Unicamp

Marcelo Silva, por sua vez, disse que faz parte do seu mandato fazer intervenções junto ao governo do Estado que beneficie a população. “Fiz vários pedidos ao governo do Estado e venho cobrando insistentemente a reabertura de novos leitos pelo governo que, desde o ano passado, reduziu muito a oferta de leitos de UTI covid”, disse ele.

0 Comentário

publicidade
publicidade
publicidade