menu
facebook instagram
publicidade
publicidade
Compartilhe

Funcionários da Sanasa aprovam estado de greve

Servidores pedem 10% de reajuste; Sanasa ofereceu 6,47% em duas vezes

Rose Guglielminetti

12h17 - 10/11/2021

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

Os trabalhadores da Sanasa aprovaram estado de greve após rejeitar a proposta da empresa em parcelar reposiçao salarial em duas vezes. Uma reunião de conciliação entre os representantes da Sanasa e do Sindae, sindicato que representa os trabalhadores, amanhã (11/11), às 13h30, no Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região (TRT-15).

Os funcionários rejeitaram a contraproposta de pagar o reajuste de 6,76% em duas vezes – metade em janeiro de 2022 e outra metade, em janeiro do ano seguinte, 2023. O Sindicato quer 10% de reposição salarial.

O estado de greve foi aprovado até sexta-feira (12/11), data da nova assembleia para definir o encaminhamento da negociação salarial.

Outro lado

Em nota, a Sanasa informou que o impasseem relação ao aumento salarial se deve ao decreto municipal que proíbe gastos em período de pandemia. “Estamos vivendo em um momento difícil para todos.”, diz a nota.

0 Comentário

publicidade
publicidade
publicidade