menu
facebook instagram
publicidade
publicidade
Compartilhe
Blog da Rose

Grupo de servidores quer aumentar o valor do teto salarial da Prefeitura de Campinas

VAlor pago hoje é de R$ 23,9 mil

Rose Guglielminetti

15h33 - 26/11/2021

Atualizado há 2 meses

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

Um grupo de servidores da Prefeitura de Campinas procurou o presidente da Câmara, Zé Carlos (PSB), para pedir o aumento do teto salarial que hoje é de R$ 23,2 mil – valor pago ao prefeito Dário Saadi (Republicanos). Se for alterado, o efeito cascata deve atingir cerca de 150 servidores que deveriam estar recebendo além dos R$ 23,2 mil, mas que estão “presos” ao teto. Nos bastidores, há um estudo que poderia elevar para R$ 27 mil, o que daria uma despesa a mais de R$ 4 milhões aos cofres públicos ao ano.

O argumento é de que o valor, congelado desde 2019, alpem de atingir gestores e os funcionários com cargos de maior complexidade, não atrai e nem fixa profissionais na prefeitura como médicos e auditores. Um dos exemplos citados é de que no concurso de auditores fiscais foi oferecida 23 vagas, mas foram convocados 150 candidatos para preencher essas vagas.

Eles têm uma tabela de comparação que mostra que Campinas tem um teto menor do que muitas cidades com o mesmo perfil. Cidades como São Bernardo do Campo (30,6 mil), Sorocaba (R$ 29,3 mil), Presidente Prudente (28,2 mil) e Guarulhos (R$ 25,2 mil) o teto é maior.

Para esse grupo, o teto de Campinas deveria ser o de São Paulo, que é de R$ 35 mil.

Os servidores disseram que ninguém em início de carreira recebe esse valor, mas apenas aqueles que já têm entre 20 e 30 anos de trabalho.

O presidente da Câmara disse que recebeu o grupo, mas que explicou que o projeto tem de partir do Executivo. “Vai ter de sair um projeto do prefeito Dário. Quando chegar aqui, discutimos”, disse Zé Carlos.

Já o presidente do Sindicato dos Médicos,Moacyr Perche, disse que a entidade é favorável à ampliação do valor. “Temos mais de 90 médicos que hoje sofrem com essa “glosa” administrativa dos rendimentos, e são médicos com dedicação exclusiva ao serviço público”, disse ele.

0 Comentário

relacionadas

publicidade
publicidade
publicidade