menu
facebook instagram
publicidade
publicidade
Compartilhe
Blog da Rose

Gustavo Reis critica ajuda financeira dos governos aos prefeitos; ouça a entrevista

Cidades da RMC estão sem leitos de UTI para pacientes com covid-19

Rose Guglielminetti, Blog da Rose

09h12 - 18/03/2021

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

O prefeito de Jaguariúna, Gustavo Reis, presidente do Conselho de Prefeitos da RMC (Região Metropolitana de Campinas), criticou a ausência de apoio financeiro do governo estadual e federal aos prefeitos no combate à pandemia. Segundo ele, os gestores têm aumentado o gasto com a saúde.

Em Jaguariúna, por exemplo, ele disse que o gasto aumentou em R$ 2 milhões a mais por mês apenas para custear os gastos com os pacientes com coronavírus. Só neste fim de semana, a cidade teve de alugar alguns equipamentos como, por exemplo, 20 ventiladores pulmonares.

“A ajuda do governo federal e estadual está demorando para chegar”, disse Reis. Ele se reuniu com o secretário de Desenvolvimento Regional do Estado, Marco Vinholi, para pedir abertura de novos leitos de UTI em Campinas – cidade que atende os pacientes dos municípios. No ano passado, o Estado tinha 90 leitos e hoje são 40. “Ele (Vinholi) disse que vai liberar até dia 31, mas precisamos que seja antes”, disse ele.

Lockdown

Reis disse ainda que os prefeitos vão analisar os efeitos das medidas restritivas impostas pelo governo do Estado na última segunda-feira (15/03) para decidir se vão adotar o lockdown regional. “Apesar de já termos colapso na rede hospitalar da maioria das cidades da RMC e uma alta no número de pacientes de covid-19, decidimos esperar cinco dias para vermos se tem algum efeito ou não essas medidas”, explicou ele.

Ouça a entrevista que foi concedida nesta quarta-feira (17/03) pelo prefeito ao programa Bastidores do Poder, da Rádio Bandeirantes, que vai ao ar das 10h às 11h30, comandando por mim, Marcos Andrade e Zezé de Lima.

Gustavo Reis fala sobre os desafios da pandemia

0 Comentário

publicidade
publicidade
publicidade