publicidade
publicidade
Compartilhe
Blog da Rose

Justiça determina que Unicamp informe ao STU nome dos profissionais vacinados contra covid-19

Rumores dentro da universidade levantam suspeita de que foram vacinadas pessoas que não estão no grupo prioritário

Zezé de Lima, Blog da Rose

15h48 - 01/02/2021

Atualizado há 1 mês

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

A Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) terá de informar ao Sindicato dos Trabalhadores da Unicamp (STU) os nomes dos profissionais que receberam a dose da vacina contra covid-19. A decisão foi tomada pelo juiz Wagner Gidaro, em ação impetrada na Justiça pelo sindicato. A universidade tem 30 dias para cumprir com a determinação a partir do momento em que for notificada.

O STU foi à Justiça por causa de rumores dentro da universidade de que há pessoas fora do grupo prioritário sendo vacinadas. Esse grupo prioritário foi definido de acordo com o Plano Nacional de Imunização. As primeira doses foram direcionadas aos profissionais da saúde que atuam na linha de frente de combate à pandemia; seguidos dos idosos abrigados em instituições e demais profissionais de saúde. A etapa seguinte serão idosos acima de 90 anos e depois os acima de 85.

Na decisão, o juiz podera que a lista de vacinação é de interesse público e que a transparência e o cumprimento fiel da lista de imunizados contribuem na fiscalização do procedimento e não coloca em risco a vida do servidor imunizado.

A universidade informou já tem parecer favorável da Procuradoria Geral (PG – Jurídico) para divulgar a lista de nomes mesmo antes dessa liminar. Ou seja, já estava trabalhando nesse sentido e vai cumprir com a decisão do Tribunal de Justiça do estado de São Paulo.

0 Comentário

publicidade
publicidade
publicidade