menu
facebook instagram
publicidade
publicidade
Compartilhe
Blog da Rose

Lotado, HC da Unicamp suspende atendimento e cirurgias eletivas

Unidade está tralbahando com 350% da capacidade operacional

Rose Guglielminetti

17h39 - 09/03/2021

Atualizado há 1 mês

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

Ao atingir lotação máxima nesta terça-feira (09/03) no PS (Pronto-Socorro), o HC (Hospital de Clínicas) da Unicamp suspendeu o atendimento e as cirurgias eletivas em Campinas. De acordo com a direção da uninidade, a se deve a superlotaço do PS, que está trabalhando com 350% da capacidade operacional, o que inclui duas salas de emergência (vermelha) destinada à estabilização dos pacientes graves que chegam à unidade. Além disso, todos os 30 leitos de UTI para pacientes com covid-19 estão ocupados.

Com isso, a unidade hospitalar não vai mais receber pacientes do Samu, Corpo de Bombeiros e pela Cross (Central de Regulação de Oferta de Serviços de Saúde), que distribui os pacientes do Estado de São Paulo.

De acordo com a Unicamp, a medida sobre a suspensão das internações vale até o dia 26 de março. Já sobre o PS a situação será avaliada diariamente.

Nesta terça-feira (09/03), o PS está com 67 pacientes, sendo 41 com indicação de internação em enfermarias – 14 covid confirmados. Oito pacientes graves estão entubados.

“Nos últimos dias houve um aumento expressivo de procura espontânea de casos com síndromes respiratórias que lotaram a Unidade. A medida de suspensão de internações para cirurgias eletivas é para dar vazão aos pacientes do PS”, diz a nota do HC da Unicamp.

UTI covid

Todos leitos de UTI e enfermarias do hospital estão ocupados, inclusive os destinados a pacientes com coronavírus.

Nos hospitais da Prefeitura de Campinas também não há mais vagas para pacientes com coronavírus.

0 Comentário

publicidade
publicidade
publicidade