menu
facebook instagram
publicidade
publicidade
Compartilhe

Diego Almeida/PontePress

Esporte

‘Muitas sondagens e nenhuma proposta oficial’, diz presidente da Ponte Preta sobre Ivan Quaresma

Lucro com a venda do atleta será menor devido ao valor de mercado

Julio Nascimento , Band Mais

17h13 - 10/06/2021

Atualizado há 6 dias

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

O presidente da Ponte Preta, Sebastião Arcanjo, atendeu a imprensa nesta quinta-feira para atualizar situações sobre o clube. E um dos questionamentos ao dirigente envolve a situação do goleiro Ivan Quaresma.

O atleta da Macaca vem sendo monitorado pelo São Paulo, mas ainda sem nenhum contato oficial por parte do Tricolor, conforme explicado por Tiãozinho.

“Estamos trabalhando em conjunto com toda equipe que administra a carreira do Ivan e constantemente fazemos reuniões sobre a situação dele, mas a gente precisa esperar chegar a proposta oficial. Foram muitas sondagens e nenhuma proposta oficial até o momento”, explicou o mandatário pontepretano.

Sebastião Arcanjo também explicou a divisão dos direitos econômicos de Ivan Quaresma e admitiu que a expectativa de lucro é baixo com os clubes investindo menos após o início da pandemia.

“Por lei, obviamente, a Ponte tem 100% dos direitos federativos de Ivan. Já em relação aos direitos econômicos existe um equilíbrio de 40% e 60%. A diretoria precisou viabilizar parte do passe para acertar algumas dívidas criadas por gestões anteriores. Hoje a expectativa de mercado é inferior, mas quando chegar uma proposta vamos avaliar qual o melhor caminho sobre o Ivan”, acrescentou.

O dirigente ainda ressaltou que a venda de Ivan faz parte de um planejamento da diretoria da Macaca para equilibrar as contas do clube.

“O Ivan é um dos principais ativos da Ponte Preta. Ano passado recusamos algumas propostas por entender que estava abaixo do que o Ivan representa para o futebol brasileiro. É um jogador com expectativa de Seleção Brasileira, de Jogos Olímpicos e queremos fazer o melhor. A Ponte Preta tem como principal negócio a venda e a transferência dos jogadores. A nossa expectativa é negociar com dois atletas e espero que isso aconteça. Hoje é uma necessidade não só para nós, mas para todos clubes do Brasil”, completou.

Fonte: www.carlosbatista.com.br

0 Comentário

publicidade
publicidade
publicidade