menu
facebook instagram
publicidade
publicidade
Compartilhe
Blog da Rose

Nelson Hossri nega agressão e diz que não levou grupo de direita para protestar contra passaporte da vacina

Na sessão de ontem, parlamentar foi para cima do vereador Gustavo Petta; ele foi contido por colegas no plenário

Rose Guglielminetti, Blog da Rose

13h14 - 09/11/2021

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

O vereador Nelson Hossri (PSD) soltou uma nota oficial nesta terça-feira (09/11) em que nega que ido para cima do vereador Gustavo Petta (PCdoB) e que também não foi o responsável por levar o grupo que protestou ontem na Câmara contra a obrigatoriedade do passaporte da vacina em eventos.

VEJA MAIS

Nelson Hossri parte para cima de Gustavo Petta

Segundo ele, Petta, após fazer um discurso em que provocava o grupo, “desceu do púlpito e veio em minha direção, quando disse: “vai se foder, seu filho da puta, olha o que você causou”, insinuando que eu havia estimulado as pessoas a tumultuarem a sessão. Nessa hora me levantei e fui em sua direção para entender o motivo do xingamento, pois estava ofendendo a minha honra. Em nenhum momento fui para tentar agredi-lo”, disse ele.

Ressaltou ainda que “em nenhum momento convoquei pessoas para tumultuarem a sessão, como insinuou o vereador Petta. Elas foram livremente, em ato legítimo, protestar contra o passaporte da vacinação, pois havia um requerimento de urgência, de minha autoria, para votar o fim deste decreto. Basta olhar em minhas redes e não encontrarão nenhum post chamando ninguém.”

Disse ainda que seu pai, Nelson Hossri Filho, teria sido intimidado por dois assessores e teria levado um empurrão próximo ao café da Câmara.

Gustavo Petta

Em nota, Petta disse que o documento divulgado por Hossri é cheio de “mentiras, cheia de fake news e que busca justificar o injustificável. Para além disso, na sessão, pós uma fala minha na tribuna, fui agredido verbalmente pelo vereador Nelson Hossri, ameaçado fisicamente, como monstram as imagens da TV Câmara, inclusive com um empurrão. Só não sofri uma agressão mais grave porque o vereador foi contido por outros vereadores, como as cenas também demonstram.”

0 Comentário

publicidade
publicidade
publicidade