menu
facebook instagram
publicidade
publicidade
Compartilhe
Blog da Rose

PF prende mais um integrante do esquema de lavagem de dinheiro em Campinas

Esquema movimentou R$ 2,5 bilhões

Rose Guglielminetti, Blog da Rose

16h54 - 14/05/2021

Atualizado há 1 mês

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

A Polícia Federal prendeu nesta sexta-feira (14/05) um dos investigados da “Operação Black Flag”, deflagrada na última terça-feira (11/05) para apurar crimes de lavagem de dinheiro e contra o Sistema Nacional Financeiro, ordem de R$ 2,5 bilhões. Além disso, mais dois veículos de luxo foram apreendidos em Araras.

LEIA MAIS

Operação prende 11 pessoas contra lavagem de dinheiro

De acordo com a polícia, o homem foi preso em flagrante delito por uso de documento irregular ao apresentar uma CNH falsa. No grupo, ele era o responsável pela produção de documentos falsos para a organização criminosa.

Já os dois veículos apreendidos – uma Porsche e um Mercedes Benz esportivo – oram encontrados em uma concessionária em Araras, em nome de uma das empresas de um dos investigados

Com a instauração do inquérito policial e o avanço das investigações descobriu-se uma complexa rede de pessoas físicas e jurídicas fictícias que chegou a movimentar 2,5 bilhões de reais em operações financeiras, tendo por único objetivo sustentar os integrantes da organização criminosa  com a aquisição de veículos de luxo, imóveis, lancha no valor de 5 milhões de reais e até ao patrocínio de esporte automobilístico.

No dia da operação, foram apreendidos R$ 1,2 milhão em dinheiro e jóias, além de carros de luxo. Até ontem, tinham sido presas 13 das 15 pessoas que tiveram o mandado de prisão emitidos pela Justiça.

Entre os presos estão as seguintes pessoas: Rodolfo Portilho Toni, considerado pelas autoridades o líder do grupo; Aedi Cordeiro, acusado de ser responsável pela produção das identidades falsas; Osvaldo Toni, pai de Rodrigo; Maria Luiza Portilho Toni, mãe de Rodrigo; Mayara Bianchi Nogueira, esposa de Rodrigo.

0 Comentário

publicidade
publicidade
publicidade