menu
facebook instagram
publicidade
publicidade
Compartilhe
Blog da Rose

“Podemos chegar ao ponto de escolher quem vai usar ou não o respirador”, diz secretário de Saúde

SUS não tem mais leitos para doentes

Rose Guglielminetti, Blog da Rose

17h35 - 17/03/2021

Atualizado há 1 mês

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

O secretário de Saúde de Campinas, Lair Zambon, disse que se a alta de casos e de internações mantiver o ritmo os médicos terão de escolher quem vai ou não usar o respirador. O alerta foi feito ontem (17/03) pelo médico que fez um apelo para que a população entenda gravidade da pandemia e deixe de fazer aglomeração.

Estamos chegando ao ponto em que vamos fazer escolhas de quem vai usar ou não o respirador”

Lair Zambon, secretário de Saúde de Campinas

Nesta terça-feira (17/03) não há nenhum leito SUS disponível para internação. Os 180 leitos – 140 nos hospitais da Prefeitura de Campinas e 40 no HC da Unicamp – estão lotados. Há mais de 100 pessoas na fila de espera por um leito.

A situação poderá ficar ainda mais dramática, segundo ele, se tivermos um aumento de casos de síndromes respiratórias nas unidades de saúde. “Se tivermos a coincidência dos quadros respiratórios em crianças e adultos com a covid, a situação ficará terrível”, disse ele.

Isolamento social

O presidente do Mário Gatti, Sérgio Bisogni, disse que o isolamento fará toda diferença. Amanhã, a PM e GM vão fazer bloqueios para impedir a circulação de pessoas entre as 20h e as 5h. Ontem, a taxa de isolamento em Campinas era de 42% – considerada alta pelas autoridades da saúde. No Estado, a taxa é de 44%.

“Estamos abrindo novos leitos de UTI e de enfermaria. Mas estamos chegando ao limite de espaço físico, de recursos humanos e de equipamentos para montarmos novos leitos”, disse ele.

0 Comentário

publicidade
publicidade
publicidade