menu
facebook instagram
publicidade
publicidade
Compartilhe
Blog da Rose

Políticos lamentam morte de prefeito de Hortolândia

Governador João Doria falou sobre a importância do prefeito no desenvolvimento da região

Rose Guglielminetti

12h24 - 01/04/2021

Atualizado há 21 dias

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

Os políticos lamentam a morte do prefeito Ângelo Perugini (PSD), que morreu nesta quinta-feira (01/04), após lutar por dois meses contra a covid-19.

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), lembrou que o ex-prefeito foi decisivo para a emancipação de Hortolândia e pelo desenvolvimento na região. “Deixa um legado importante e honrou o cargo que ocupou, sendo exemplo de dedicação à população”, escreveu o tucano.

O prefeito de Campinas, Dário Saadi (Republicanos), lembrou que ação política de Perugini ia além da sua cidade. Ele presidia o Conselho de Desenvolvimento da Região Metropolitana de Campinas (RMC). “É notória a mudança que liderou e realizou na cidade de Hortolândia. Meus sentimentos à família de Perugini, seus amigos, milhares de admiradores e toda a população de Hortolândia pela perda tão precoce de um líder que deixa sua marca e muitas histórias”, disse Saadi.

O presidente da FNP (Frente Nacional de Prefeitos), Jonas Donizette (PSB), relembrou o tempo de caminhada com Perugini. “Conheci Angelo há muitos anos atrás, décadas, quando ainda nem era vereador e ele também estava começando na vida pública. Nessa foto estávamos na última visita técnica no PS Metropolitano. Uma obra que ele sonhou muito e conseguimos realizar. Fica aqui a nossa homenagem, o nosso sentimento a ele e a cidade de Hortolândia que ele tanto amava”, escreveu o ex-prefeito de Campinas.

O secretário de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi, gravou um vídeo e disse que o Perugini tem uma trajetória de luta. “Em nome do PSDB deixo os sentimentos à família de Perugini e população de Hortolândia. Vai deixar muita saudade”, disse ele.

Rui Falcão, do PT, também prestou homemagem ao antigo companheiro de partido. “Forte combatente na luta por justiça social. Companheiro coerente, justo e verdadeiro. Sua memória irá nos inspirar a continuar lutando por um Brasil melhor. Deixo meu abraço e solidariedade aos familiares, amigos e ao povo de Hortolândia. Angelo Perugini, Presente!”

O prefeito de Jaguariúna, Gustavo Reis (MDB), disse que Perugini era amigo. “Seu legado de trabalho e dedicação às causas públicas será sempre lembrado e referência para todos nós. Ele foi meu professor na difícil arte de fazer política. Um homem generoso, amável e bem humorado. Sempre pensou nos mais pobres e humildes.
Mineiro conciliador e amigo. Hoje é um dos dias mais tristes da minha vida. Perdemos o nosso presidente. Perdemos nosso irmão Perugini, nosso líder. Que Deus te receba na sua infinita bondade, amigo e irmão.”

Lula também se posicionou sobre a morte do prefeito de Hortolândia. “Amigo e companheiro político de longa jornada. É mais uma vítima da covid-19”

O arcebispo de Campinas, Dom João Inácio Müller, escreveu uma extensa nota sobre a morte do prefeiot em solidariedade ao povo de Hortolândia. “Quero louvar a Deus pelo bem que ele fez. E o bem que ele fez é o que vale, hoje. Deus quis chamá-lo e eu pessoalmente rezei para que ele estivesse nas mãos de Deus. (…) Nós sabemos que o mais importante não é viver muitos anos – o mais importante sempre é acrescentar vida aos nossos anos não tanto acrescentar anos a nossa vida. O importante não é viver muitos anos, mas é viver com intensidade. Então certamente o Angelo também escutou aquela frase que são Francisco disse para o Altíssimo. Diante do Altíssimo ele disse: “seja muito bem-vinda, irmã morte”, porque ele sabia que a morte era passagem para a vida eterna, para a vida de contemplação da Santíssima Trindade. Paz e bem! Abraço de solidariedade de pêsames a todo povo de Hortolândia e também aos familiares.”

0 Comentário

publicidade
publicidade
publicidade