menu
facebook instagram
publicidade
publicidade
Compartilhe
Blog da Rose

Presidente do CMDU diz que liberação de projetos ainda é lenta na Prefeitura de Campinas

Arquiteto diz que legislação deve ser mudada

Rose Guglielminetti, Blog da Rose

19h15 - 19/04/2021

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

O arquiteto e presidente do CMDU (Conselho Municipal de Desenvolvimento Urbano), João Verde, disse que a aprovação de projetos de empreendimentos imobiliários na Prefeitura de Campinas ainda é lento. Segundo ele, houve um plano de aprová-los em cinco dias, mas chegou a demorar cinco meses.

“Não é fácil aprovar empreendimentos em Campinas. Há projetos que demoraram 8 meses. A nova gestão fez um mutirão para limpar a mesa dos projetos atrasados, mas há problemas estruturais. Há falta de funcionários e o próprio servidor fica em dúvida se o que ele está aprovando está de acordo com a legislação. Precisamos de ler clara e objetiva para a cidade”, disse o presidente do CMDU.

Ele também reclamou do fato de a prefeitura considerar o adensamento urbano em número de habitações – o que significa, por exemplo, que uma garagem é considerada uma habitação. “Temos de abrir mão de apartamentos para construir área de lazer e garagens. Se temos um Plano Diretor que diz que temos de adensar (verticalizar) porque fazer essa leitura de habitações ao invíes de moradores por hectare ou por quilômetro quadrado? Mas vão criando restrições”, disse João Verde.

O presidente do CMDU deu uma entrevista ao Programa Bastidores do Poder, da Rádio Bandeirantes, comandado por mim e pela jornalista Zezé de Lima.

0 Comentário

publicidade
publicidade
publicidade