menu
facebook instagram
publicidade
publicidade
Compartilhe
Blog da Rose

Produtora diz que programa de apoio à cultura está suspenso há cinco anos em Campinas

Pandemia penalizou ainda mais o segmento que viu as atividades culturais proibidas

Rose Guglielminetti, Blog da Rose

15h56 - 13/05/2021

Atualizado há 1 mês

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

A produtora cultural de Campinas Tichê Vianna disse que a liberação de recursos do FICC , programa que financia projetos culturais, está suspenso há cinco anos em Campinas. O programa era de R$ 2,9 milhões por edital. Além disso, ela disse que o efeito da pandemia na classe artística foi devastador no meio artístico com a suspensão de atividades com público.

Segundo ela, a Secretaria de Cultura liberou R$ 500,00 para cada inscrito contemplado no programa de ajuda.

Temos tido apoio solidário para ajudarmos os artistas. Tivemos que nos adaptar. Todo mundo passou para o áudiovisual, mas precisa de ter recursos para os equipamentos e e contratação de gente qualificada. Campinas não tem financiamento desde que a prefeitura suspendeu o FICC há cinco anos. É um problema que em nós artistas provoca muita indigestão

Tichê Vianna, produtora cultural

Ela disse que os artistas querem que Campinas compreenda a área de cultura não apenas como eventos, mas como uma construção cultural. A desvalorização é tanta que os artistas da cidade têm mais trabalho fora de Campinas do que em seu município.

Segundo ela, a única notícia boa neste ano foi a eleição dos membros do Conselho Municipal de Cultura.

Outro lado

A Secretaria de Cultura confirmou que o último edital do FICC foi em 2015, sendo que os recursos deste edital começaram a ser pagos em maio de 2018. Foram 76 projetos aprovados.

A justificativa para a suspensão foi a crise econômica nos anos de 2016 e 2017, que provocou queda na arredação municipal. Ressaltou que, em 2018, iniciou uma discussão dentro do Conselho de Cultura para mudança da lei que trata sobre o FICC. “Já foi realizada reunião com o assunto no Conselho Municipal de Política Cultural. Já recebemos as propostas e estamos consultando o financeiro e o jurídico e após resposta o assunto seguirá para discussão e aprovação na próxima reunião”, informou a Pasta.

Ouça a entrevista completa da produtora ao Programa “Bastidores do Poder”, na Rádio Bandeirantes, apresentado por mim e pela jornalista Zezé de Lima.

0 Comentário

publicidade
publicidade
publicidade