menu
facebook instagram
publicidade
publicidade
Compartilhe
Notícias

Programa do governo estadual beneficia trechos de estradas em Campinas

A previsão é de que o edital de licitação será publicado pelo DER até julho e que os serviços sejam iniciados até o final do ano

Juliana Caetano, Band Mais

09h01 - 22/06/2021

Atualizado há 1 mês

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

O governo do Estado de SP lançou nesta segunda-feira (21) no Palácio dos Bandeirantes o programa estadual Estrada Asfaltada. Está prevista a modernização de 2,3 mil quilômetros de vias em 196 cidades do interior e do litoral. Em Campinas serão beneficiadas três estradas, que receberão recape e sinalização, com investimentos de R$ 10,7 milhões.

Uma das estradas é a Rodovia Lix da Cunha (SP 073), em um trecho de 14 quilômetros entre as rodovias Anhanguera e a Miguel Melhado, no bairro Campo Belo, com investimento de R$ 4,49 milhões. Outra estrada será a Rodovia José Bonifácio Coutinho Nogueira (SP 081), que faz a ligação entre os distritos de Sousas e Joaquim Egídio, seguindo até a Serra das Cabras, perto da divisa com Morungaba. O trecho de 14,7 quilômetros, que é pavimentado, será recapeado e receberá sinalização. O investimento é de R$ 5 milhões.

Rodovia Miguel Noel Nascente Burnier

Também integra o programa Estrada Asfaltada o trecho de pista dupla de três quilômetros da Rodovia Miguel Noel Nascente Burnier (SPA 135/065), que faz a ligação da Avenida José de Souza Campos até a Rodovia Adhemar de Barros (conhecida como Campinas Mogi-Mirim). O investimento é de R$ 826 mil.

Início das obras

A previsão do governo estadual é de que o edital de licitação será publicado pelo DER até julho e que os serviços sejam iniciados até o final do ano. Serão mais de 150 obras no Estado, que somam investimentos de R$ 1,7 bilhão. As estradas receberão conservação especial, com recape e implantação de nova sinalização.

Na área da Diretoria Regional do DER de Campinas são 22 obras de conservação em mais de 280 quilômetros em melhorias e R$ 151,5 milhões de investimentos em 30 cidades. O prazo de conclusão das obras varia de quatro a 14 meses.

0 Comentário

publicidade
publicidade
publicidade
Mais notícias