menu
facebook instagram
publicidade
publicidade
Compartilhe
Blog da Rose

PSL pede a cabeça de secretário de Planejamento do governo Dário

Renato Mesquita perde apoio do partido que o indicou ao cargo

Rose Guglielminetti, Blog da Rose

12h47 - 27/05/2021

Atualizado há 24 dias

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

Pouco mais de cinco meses após indicar o empresário Renato Mesquita para o cargo de secretário de Planejamento e Urbano, o PSL pediu a cabeça do indicado político ao prefeito Dário Saadi (Republicanos). Nos bastidores, o que se fala é que o PSL quer ampliar a influência política na Pasta, já que Mesquita tem focado na gestão da Pasta.

Num primeiro momento, a indicação de Mesquita trouxe desconfiança devido à falta de formação técnica na área. Ele mesmo fez a sua defesa dizendo que ele seria um gestor e que a Secretaria tem bons técnicos para auxiliá-lo. Aos poucos, ele foi dando celeridade na Pasta, principalmente, na liberação de processos que estavam parados. O estoque somava 2.855 processos entre novas obras e regularização unifamiliar, comércio de pequeno porte, habitação multifamiliar vertical, comércio de grande porte, habitação multifamiliar horizontal, reforma e demolição. Entre eles, pelo menos 300 aguardavam manifestação dos interessados.

O presidente do PSL, André Ribeiro, no entanto, avalia que ainda há mais para se fazer na pasta. “Quando indicamos o Renato, focamos na gestão. Mas, agora, achamos que tem de ter um perfil técnico porque queremos dar celeridade e trazer investidores para a cidade”, disse ele.

Nos bastidores, dizem que o nome que o substituiria seria advogado Pedro Medeiros, que já ocupou o cargo de secretário de Planejamento e Meio Ambiente de Valinhos.

Na divisão do bolo, a Secretaria de Planejamento foi concedida ao PSL.

Outro lado

A Prefeitura de Campinas informou que não recebeu nenhum pedido de troca de secretário.

0 Comentário

publicidade
publicidade
publicidade