menu
facebook instagram
publicidade
publicidade
Compartilhe
Blog da Rose

Shoppings e bares de Campinas querem ampliação do horário e de público

Querem que o comércio desse setor funcione das 12h às 20h e com capacidade de 40% do público

Rose Guglielminetti, Blog da Rose

12h49 - 23/04/2021

Atualizado há 18 dias

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

Os shoppings centers e bares de Campinas querem que o horário de abertura e o percentual de público sejam aumentados durante a fase vermelha do Plano SP de Flexibilização. Hoje a abertura desse setor é das 9h às 19h e o percentual é de 25%. O pedido feito ao prefeito de Campinas, Dário Saadi (Republicanos), é para que o horário passe das 12h às 20h e o índice de público para 40%.

“Entendemos que a redução de horário é equivocada porque causa mais aglomerações. A ampliação do horário é importante para evitar esse problema e a capacidade tem de ser maior porque para muitos logistas não compensa abrir suas lojas com esse percentual”, disse Gustavo Maggioni, advogado da Abrasel – entidade que representa os bares e restaurantes – que irão abrir suas portas a partir deste sábado (24/04), assim como academias e salões de beleza.

Segundo ele, só em shoppings foram fechadas 100 lojas em Campinas. Já bares e restaurantes foram fechados 9 mil estabelecimentos em todo o Estado de São Paulo. “Cerca de 25 mil pessoas estão desempregadas. Além disso, um funcionário que ganhava R$ 3 mil teve que sobreviver com R$ 600 (auxílio do governo) e cestas básicas doadas”, disse ele.

Maggioni disse que a entidade chegou a pedir para que a Prefeitura de Campinas suspendesse a cobrança do IPTU e de água. “Isso iria significar o pagamento de duas folhas a cada comércio. O poder público não tem amparado esse setor”, disse ele.

Outro lado

A Prefeitura de Campinas informou que está analisando o pedido.

Ouça a entrevista completa concedida pelo advogado nesta sexta-feira (23/04) ao programa Bastidores de Poder, da Rádio Bandeirantes.

0 Comentário

publicidade
publicidade
publicidade