menu
facebook instagram
publicidade
publicidade
Compartilhe
Blog da Rose

“Situação é muito, mas muito preocupante”, diz secretário de Saúde de Campinas

Ocupação de leitos está em 93,73%

Rose Guglielminetti, Blog da Rose

12h35 - 02/06/2021

Atualizado há 18 dias

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

O secretário de Saúde de Campinas, Lair Zambom, foi enfático ao dizer que a situação da assistência hospitalar na rede de saúde é “preocupante”. Ontem, a taxa de ocupação nos leios de UTI para pacientes com covid-19 era de 93,73%.

Ontem, a cidade tinha apenas quatro leitos do SUS disponíveis. O HC da Unicamp suspendou o atendimento de pacientes no PS e também internações e cirurgias eletivas.

Não aumentamos as restrições, mas a situação é muito, mas muito preocupante. Se você quer for numa dessas festas, beber, cair e bater a cabeça vai ter muita dificuldade em conseguir uma internação”

Lair Zambom, secretário de Saúde de Campinas

Zambom disse essa frase alertando sobre a necessidade da população entender a gravidade da pandemia e evitar as aglomerações. Os gestores da Saúde dizem que festas familiares, em chácaras, bares e pancadões são os lugares em que há mais transmissibilidade do vírus.

Tanto que a partir de amanhã, as prefeituras da RMC (Região Metropolitana de Campinas) irão fazer ações conjuntas de fiscalizações em festas clandestinas e também barreiras sanitárias para coibir as aglomerações.

“O nosso pedido é para que as pessoas não façam aglomerações neste feriado. Estamos tomando essas ações para evitar uma exploração da terceira onda”, disse o prefeito de Campinas, Dário Saadi (Republicanos).

0 Comentário

publicidade
publicidade
publicidade