menu
facebook instagram
publicidade
publicidade
Compartilhe
Notícias

Taxa de ocupação de leitos de UTI covid-19 tem queda em Campinas

Cidade tem 93,41% dos leitos de alta complexidade ocupados

Rose Guglielminetti

16h54 - 07/04/2021

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

A taxa de ocupação dos leitos exclusivos de UTI para pacientes com coronavírus nos hospitais públicos e privados caiu de 95,99% para 94,41% nas últimas 24 horas. Outro dado importante foi a redução na fila de espera que reduziu de 78 para 54 pessoas que aguardam na fila de espera por um leito de alta complexidade ou de enfermaria.

Dos 410 leitos de UTI, 383 estão ocupados, o que corresponde a 93,41%. Há 27 leitos livres no SUS municipal e na rede privada.

Nos hospitais da Prefeitura de Campinas existem quatro leitos vagos. Dos 160 leitos, 156 estão com pacientes internados, uma ocupação de 97,50%.

Nos hospitais privados, dos 250 leitos, 227 estão ocupados, o que equivale a 90,80%. Há 23 leitos vagos.

A prefeitura ressaltou que o Estado não está mais informandoa ocupação dos leitos do HC da Unicamp e do AME (Ambulatório Médico de Especialidades). Porém, a informação é a de que há um leito disponível no HC da Unicamp. Dos 40 leitos, 39 estão ocupados. Entre esses pacientes, 60% são de Campinas e o restante de outras cidades.

0 Comentário

publicidade
publicidade