menu
facebook instagram
publicidade
publicidade
Compartilhe
Blog da Rose

Três vereadores de Campinas entram na mira do MP por prática de rachadinha

Otto Alejandro, Filipe Marchesi e Nelson Hossri estão sob suspeita

Rose Guglielminetti, Blog da Rose

16h57 - 02/12/2021

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

Com novas denúncias no Ministério Público sobre rachadinha – prática de retenção de parte do salário de asssessores por políticos, subiu para três o número de vereadores de Campinas na mira do Ministério Público (MP). A nova denúncia agora é contra o vereador Otto Alejandro (PL). Os outros dois são os vereadores Filipe Marchesi (PSB) e Nelson Hossri (PSD).

De acordo com a denúncia, o parlamentar fica com parte dos salários dos assessores nomeados tanto na Câmara quanto na Prefeitura de Campinas. Os percentuais de devolução chegam a 70%.

O denunciante anônimo informou ao promotor Angelo Carvalhaes que os assessores recebem os salários no dia 30 de cada mês e têm de entregar parte do valor para o administrador da AR-7 (Administrador Regional), Renato Maia.

No caso de Otto, foram enviados ao promotor prints de conversas no WhatApp entre os assessores falando sobre a prática de rachadinha.

Otto Alejandro negou a denúncia e disse que nem havia sido informado sobre o caso.

Outros casos

A primeira denúncia atingiu o vereador Filipe Marchesi que viu o seu nome envolvido com rachadinhas em panfletos que foram distribuídos, no mês passado, na região do São José – bairros em que ele tem a sua base eleitoral. No texto, os denunciantes disseram que o parlamentar tira mais de R$ 60 mil por mês. O salário de um parlamentar está em torno de R$ 10 mil.

Já Nelson Hossri foi denunciado por um ex-assessor que afirmou que ele retém parte do salário do seu chefe de gabinete. De acordo com a denúncia, o funcionário devolve parte do salário para o pai do vereador que, por sua vez, entrega para o filho.

Tanto Filipe quanto Nelson negaram a denúncia e classificaram como mentira.

0 Comentário

publicidade
publicidade
publicidade