menu
facebook instagram
publicidade
noticias

RMC: aumento de 190% no número de novas empresas

Band Mais

14h34 - 21/07/2021

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

Ao vivo

Vídeos

Compartilhe

Charles Platiau/Reuters

Notícias

Ampliação e modernização da ETE Pinheirinho dobra capacidade de tratamento de esgoto em Vinhedo

A tubulação está sendo instalada próximo à rede antiga, que será desativada adequando o sistema para a carga de efluentes da região, que atende cerca de 14 mil pessoas

A tubulação está sendo instalada próximo à rede antiga, que será desativada adequando o sistema para a carga de efluentes da região, que atende cerca de 14 mil pessoas

Juliana Caetano, Band Mais

11h58 - 24/07/2021

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

Obras da segunda fase de ampliação e modernização da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) Pinheirinho vai praticamente dobrar a capacidade de tratamento de efluentes da estação, aumentando a vazão de 140 para 220 litros por segundo em Vinhedo.

A unidade Pinheirinho, construída há 20 anos, é responsável pelo tratamento de 75 % do esgoto do município. A primeira etapa da ampliação foi executada no ano passado.

Nesta segunda fase, a ETE Pinheirinho está recebendo a implantação dos novos sistemas de armazenamento e dosagem da solução de hidróxido de sódio e de cloreto férrico e o novo sistema de tratamento preliminar, composto por peneiras finas e caixas de areia.
Também faz parte dessa etapa, a instalação de mais quatro novos sopradores para alimentação dos tanques de aeração e a reforma dos três reatores.

Nova rede coletora

Outra obra importante que a autarquia está realizando e que foi acompanhada pela comitiva é a implantação uma nova rede coletora, com aproximadamente 300 metros, para coleta do esgoto da região do Vista Alegre até a ETE Pinheirinho.

Visita as Obras – prefeito, vereadores e secretários, que acompanharam a implantação do novo emissário e a implantação do novo emissário e a reativação de poços artesianos

A tubulação está sendo instalada próximo à rede antiga, que será desativada, e vai ter o dobro do tamanho, passará de 300 mm para 600mm de diâmetro, adequando o sistema para a carga de efluentes daquela região, que atende cerca de 10 bairros, mais de 14 mil pessoas. A obra emergencial, no valor de aproximadamente R$ 500 mil reais, está sendo custeada pela Sanebavi.

A recuperação do poço artesiano no perímetro da ETE Pinheirinho, desativado há mais de dois anos, foi outra obra inspecionada pelo dr. Dario e sua comitiva. A intervenção vai permitir que o poço volte a operar, possibilitando a extração de 11m³/ hora, o que corresponde a 220 mil litros por dia.

A intenção é melhorar a oferta de água para população de vários bairros e utilizar parte do recurso na operacionalização da Estação Pinheirinho.