menu
facebook instagram
publicidade
publicidade
Compartilhe

Divulgação

Notícias

Vinhedo suspende Festa da Uva deste ano

Carnaval de rua também foi suspenso este ano na cidade

Band Mais

17h59 - 14/01/2022

Atualizado há 13 dias

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

A Prefeitura de Vinhedo decidiu suspender a Festa da Uva deste ano em função dos altos índices de contaminação de covid-19 registrados nas últimas semanas e do surto de gripe, que estão ocorrendo em todo o País. A festa é prevista para ocorrer entre fevereiro e março, mas a pandemia inviabilizou a preparação e execução do evento este ano. A notícia foi divulgada pelo prefeito Dario Pacheco durante a live semanal, que acontece sempre às quintas-feiras, às 19h no Facebook.
 
“Não faremos a Festa da Uva por motivos óbvios, para evitar aglomeração e proteger nossos moradores deste novo surto de covid-19 e também do surto da gripe. Neste momento, a prevenção é fundamental e não há segurança para que o evento seja realizado”, disse Dr. Dario.

 
O Carnaval de rua também foi suspenso este ano na cidade em função da pandemia, assim como a programação do festival Vinhedo 40 Graus. O secretário de Saúde, Milton Ribolli, acrescentou que ainda foram suspensos eventos particulares no Parque Municipal Jayme Ferragut. “Nos eventos do Teatro Municipal realizados no ano passado, exigimos o comprovante da vacina. Queremos que todos se vacinem”, afirmou o prefeito.
 

Vacinação


A vacinação em Vinhedo acontece sem necessidade de agendamento no Polo de Vacinação da Terceira Idade (Rua Antônio Matheus Sobrinho, 125 – São Matheus), de segunda a sexta-feira das 7h30 às 16h e aos sábados das 7h30 às 14h. A vacinação é realizada conforme a disponibilidade de vacinas enviadas pelo governo estadual. Segundo o secretário de Saúde, 13 mil moradores da cidade estão aptos a receber a dose de reforço, a terceira dose, da vacina, mas ainda não procuraram o Polo de Vacinação.
 
“É importante que todos se vacinem e recebam a dose de reforço. A vacinação está sendo fundamental para reduzir os casos graves, internações e óbitos por covid-19 neste novo e intenso surto da doença”, explicou dr. Dario.

0 Comentário

publicidade
publicidade
publicidade