menu 25-anos
facebook
publicidade
publicidade
Compartilhe
Notícias

Campinas impõe regra de 10 pessoas por velório devido à covid-19

Objetivo é evitar aglomeração de pessoas

Rose Guglielminetti, Blog da Rose

11h56 - 30/03/2020

Atualizado há 1 mês

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

A Setec – autarquia responsável pela gestão dos cemitérios públicos de Campinas – determinou a redução tanto do período do velório quanto do número de pessoas, limitando apenas aos familiares e pessoas próximas. No caso da morte ter sido provocada por covid-19, a restrição é de apenas 10 pessoas no cemitério.

Para velórios de pacientes confirmados com covid-19, a Setec informou que tem adotado as recomendações do Ministério da Saúde. Sendo que, neste caso, os velórios e funerais não são recomendados durante o período de isolamento social e de quarentena.

Caso as famílias desejem realizar tanto o velório ou o funeral, devem seguir as seguintes recomendações:

  • Manter a urna funerária fechada durante todo o velório e funeral, evitando qualquer contato (toque/beijo) com o corpo do falecido em qualquer momento post-mortem;
  • Utilizar água, sabão, papel toalha e álcool em gel a 70% para higienização das mãos durante todo o velório;
  • A urna funerária deverá ser colocada em local aberto ou ventilado;
  • Evitar, especialmente, a presença de pessoas que pertençam ao grupo de risco para agravamento da covid-19: idade igual ou superior a 60 anos, gestantes, lactantes, portadores de doenças crônicas e imunodeprimidos;
  • Não permitir a presença de pessoas com sintomas respiratórios. Caso seja imprescindível, elas devem usar máscara cirúrgica comum, permanecer o mínimo possível no local e evitar o contato físico com os demais;
  • Não permitir a disponibilização de alimentos. Para bebidas, devem-se observar as medidas de não compartilhamento de copos;
  • A cerimônia de sepultamento não deve contar com aglomerado de pessoas, respeitando a distância mínima de, pelo menos, dois metros entre elas, bem como outras medidas de isolamento social e de etiqueta respiratória;
  • Recomenda-se que o enterro ocorra com no máximo 10 pessoas, não pelo risco biológico do corpo, mas sim pela contraindicação de aglomerações. ¬ Os falecidos devido à COVID-19 podem ser sepultados ou cremados.

Higienização

Nos cemitérios foram disponibilizados recipientes com álcool em gel e a higienização dos banheiros está sendo feita com maior frequência, segundo a Setec.



0 Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios.

publicidade
publicidade
publicidade