menu 25-anos
facebook instagram
publicidade
publicidade
Compartilhe
Notícias

“Campinas não deve mandar pacientes para SP, mas medida é bem-vinda”, diz Jonas

Hospital de Campanha do Ibirapuera, na Capital, vai atender pacientes de Campinas e região

15h48 - 08/07/2020

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

O prefeito de Campinas, Jonas Donizette (PSB), disse nesta quarta-feira (08/07), que, dificilmente, Campinas vai enviar pacientes para o Hospital de Campanha do Ibirapuera, na Capital. Hoje o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), anunciou que essa unidade hospitalar irá atender paciente de Campinas e das regiões de Jundiaí, Bragança Paulista e do Circuito das Águas. Essas quatro áreas reúnem cerca de 6,5 milhões de pessoas.

“Hoje não vamos enviar pacients para SP, mas atende a nossa região, já que Campinas recebe muitos pacientes de outras cidades”, disse o prefeito. Segundo ele, dos 76 leitos de UTI do HC da Unicamp, 75% eram ocupados por pacientes de fora de Campinas. O mesmo ocorre no AME (Ambulatório Médico de Especialidades).

O prefeito disse que a decisão do prefeito atende a um pedido dos próprios prefeitos. “Não tinha sentido montar um hospital aqui e os prefeitos serão responsáveis por encaminhar os pacientes para SP. Eles já têm know-how em enviar pacientes de suas cidades para atedimento em outras”, ressaltou Jonas Donizette.

O secretário de saúde de Campinas, Carmino de Souza, aprovou a decisão do governador. “Vai ser um desafogo princpalmente para pacientes de gravidade intermediária”, disse ele. Ontem, Campinas estava com 89,97 dos leitos de UTI ocupados com pacientes covid-19.

O Hospital de Campanha do Ibirapuera tem 240 leitos de enfermarias e 28 de UTI.

0 Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios.

 
publicidade
publicidade
publicidade
Mais notícias